Investigado pela PGR, vice-governador da Bahia João Leão diz que vai provar inocência no Caso Lava Jato

Vice-governador e secretário do planejamento da Bahia, João Leão (PP), diz que vai provar inocência.
Vice-governador e secretário do planejamento da Bahia, João Leão (PP), diz que vai provar inocência.

Em nota, divulgada hoje (07/03/2015), o vice-governador e secretário do planejamento da Bahia, João Leão (PP), comenta sobre a abertura de inquérito com a finalidade de apurar a possível participação em atos de corrupção na Petrobras, identificados através da operação Lava Jato.

“Ao longo de 28 anos de vida pública, posso afirmar que este é um dos momentos mais espinhosos. Estou triste, estou surpreso e ao mesmo tempo forte para iniciar esta luta: sou inocente e vou provar. Eu acredito em Deus e na Justiça. Tenho a mais absoluta certeza de que a verdade vai aparecer e todos os fatos serão esclarecidos de forma transparente. De que cabeça erguida, com o apoio dos amigos, da família e do povo, continuarei trabalhando em defesa da Bahia e do Brasil.”., declara Leão.

A abertura do inquérito foi solicitada Supremo Tribunal Federal (STF), pelo Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, através da petição número 5260.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9151 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).