Deputado José Carlos Aleluia critica aumento do ICMS dos combustíveis

José Carlos Aleluia: “Rui bota pimenta nas maldades de Dilma com aumento do ICMS dos combustíveis”.
José Carlos Aleluia: “Rui bota pimenta nas maldades de Dilma com aumento do ICMS dos combustíveis”.
José Carlos Aleluia: “Rui bota pimenta nas maldades de Dilma com aumento do ICMS dos combustíveis”.
José Carlos Aleluia: “Rui bota pimenta nas maldades de Dilma com aumento do ICMS dos combustíveis”.

“O governador Rui Costa está botando pimenta nas maldades da presidente Dilma Rousseff”, diz o deputado federal José Carlos Aleluia, criticando o aumento da alíquota do ICMS sobre os combustíveis, anunciado pelo governo baiano para o próximo dia 1° de abril de 2015. “A gasolina vai ficar mais cara na Bahia de verdade no dia da mentira”, reclama.

“Encarecer os combustíveis é botar lenha na fogueira da inflação. É assim que o governador Rui Costa quer ficar imune ao desgaste por que passa a presidente da República?”, questiona Aleluia diante da presunção do chefe do governo baiano de que a desaprovação popular à gestão de Dilma não estaria lhe contaminando.

“As pesquisas de opinião pública confirmam a rejeição crescente da população ao governo petista”, assinala o parlamentar oposicionista. Até no Nordeste, lembra Aleluia, a grande maioria do povo está descontente com a presidente, que, depois de eleita, está fazendo tudo contrário ao que prometeu na campanha.

“Rui Costa foi eleito por colar sua candidatura à da presidente. Eles são farinha do mesmo saco petista. Prometem e depois fazem diferente”, afirma o deputado democrata. Para Aleluia, a Bahia retrata o Brasil. “Além do desequilíbrio das finanças, a recessão já se manifesta no desemprego que assola o estado. Milhares de trabalhadores estão perdendo seus empregos com os problemas do estaleiro Enseada, em Maragojipe, e a paralisação das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol)”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109706 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]