Operação Lava Jato: Ministério da Justiça emite nota sobre reportagem da revista Veja

José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça.José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça.
José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça.

José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça.

Em resposta a reportagem sobre desdobramentos da operação Lava Jato, publicada pela revista Veja, Ministério da Justiça emite nota refutando afirmações e esclarecendo atuação do ministério e do ministro José Eduardo Cardozo.

Confira o teor da nota

Em face das inverdades noticiadas na matéria “O que ele sabe é dinamite pura” publicada na edição de hoje da revista Veja, o Ministério da Justiça esclarece que:

1- É mentirosa a versão veiculada pela segunda vez pela revista Veja de que o ministro José Eduardo Cardozo tenha se reunido com o advogado da UTC Sergio Renault para tratar das investigações da Operação Lava Jato ou discutido a conveniência de um acordo de delação premiada por parte do dono da UTC, Ricardo Pessoa.

2- O Ministro da Justiça sempre garantiu a plena autonomia das investigações realizadas pela Polícia Federal, não admitindo qualquer interferência indevida na sua condução. O mesmo tem acontecido na operação “Lava Jato”, onde várias delações premiadas já foram realizadas sem que tivesse ocorrido qualquer tentativa de obstá-las.

3. A versão veiculada na matéria ainda se mostra mais absurda quando ignora que o Ministro da Justiça não dispõe de instrumentos para impedir ou negociar vantagem de qualquer natureza para que uma delação premiada não se consume. Ele não tem poderes para determinar o fim de uma prisão, para impedir ou mitigar uma condenação ou para efetivar qualquer medida que pudesse oferecer vantagens a um investigado em troca do seu silêncio.

4 – É lamentável que, mais uma vez, a Veja se utilize de supostas declarações de um investigado, encaminhadas à revista por pessoas que se escondem no anonimato, para buscar atingir a imagem do Ministro e de membros do governo federal.  Uma vez identificadas, essas pessoas serão processadas civil e criminalmente.

Ministério da Justiça, Brasília, 21 de fevereiro de 2015

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]