ALBA: PT institucionalizou a corrupção em função da falta de ética da maioria dos seus membros, diz deputado Targino Machado

Targino Machado: Agora, para a tristeza de alguns baianos, nos chega através de depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que através do “Petrolão” financiou, clandestinamente, ou seja, caixa 2, as campanhas do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner, ao Governo do Estado da Bahia nos anos de 2006 e 2010.
Targino Machado: Agora, para a tristeza de alguns baianos, nos chega através de depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que através do “Petrolão” financiou, clandestinamente, ou seja, caixa 2, as campanhas do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner, ao Governo do Estado da Bahia nos anos de 2006 e 2010.
Targino Machado: Agora, para a tristeza de alguns baianos, nos chega através de depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que através do “Petrolão” financiou, clandestinamente, ou seja, caixa 2, as campanhas do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner, ao Governo do Estado da Bahia nos anos de 2006 e 2010.
Targino Machado: Agora, para a tristeza de alguns baianos, nos chega através de depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que através do “Petrolão” financiou, clandestinamente, ou seja, caixa 2, as campanhas do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner, ao Governo do Estado da Bahia nos anos de 2006 e 2010.

O deputado estadual Targino Machado criticou nesta quinta-feira a postura do governo do Partido dos Trabalhadores em relação os episódios diários de corrupção na maior empresa brasileira, a Petrobras, através da Operação Lava Jato, deflagrada em marco de 2014 pela Polícia Federal. Para o parlamentar, o PT institucionalizou a corrupção no país.

“O PT institucionalizou a corrupção em função da falta de ética da maioria dos seus membros e em decorrência da tolerância do povo que, em boa parte, foi comprado pelos pacotes de bondades oferecidos pelos governos do PT em anos eleitorais. Agora, esses eleitores, arrependidos, se põem a reclamar. Muitos desses eleitores que hoje estão a reclamar do Governo, por uma ou outra razão, esquecem que votaram sem responsabilidade, ou simplesmente se venderam, venderam seus votos”, disse.

De acordo com Targino, o povo tem a chance de, a cada dois anos, retirar do quadro político do país os maus gestores.

“Nós temos, na política, igual a todos os segmentos da sociedade, os bons e os maus. A diferença de outras categorias é que nas eleições o povo tem a oportunidade de expurgar da política os maus. Mas entra e sai eleição, e mesmo o DNA da maioria dos políticos sendo conhecido, o povo não tem sido capaz de fazer a sua escolha. Arrisco-me a dizer que eleição após eleição os eleitores votam às vezes mudando as coleiras, mas os cachorros continuam os mesmos”.

O parlamentar ainda lembrou do depoimento do presidente da construtora UTC, Ricardo Pessoa, que revelou que através do Petrolão financiou as campanhas de 2006 e 2010 do ex-governador da Bahia Jaques Wagner.

“Agora, para a tristeza de alguns baianos, nos chega através de depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que através do “Petrolão” financiou, clandestinamente, ou seja, caixa 2, as campanhas do atual ministro da Defesa, Jaques Wagner, ao Governo do Estado da Bahia nos anos de 2006 e 2010. A Defesa do Estado Brasileiro está bem entregue ao Ministro e ex-governador baiano, que pilotou tão bem o esquema de corrupção da Petrobras, que hoje nomeado ministro da Defesa, mas que ontem nomeou o presidente apeado da Petrobras, o senhor José Sérgio Gabrielli, como seu secretário, dando legitimidade a toda safadeza que este aprontou com sua tropa na empresa”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106708 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]