Dalton dos Santos Avancini, presidente da Camargo Corrêa negocia delação premiada. Revelações podem indicar que corrupção era prática institucionalizada nos governos petistas.
Caso Lava Jato

Operação Lava Jato: executivos da construtora Camargo Corrêa negociam acordo de delação premiada. Informações indicam que corrupção era institucionalizada nos governos petistas

Com o título ‘Dois executivos da Camargo Corrêa assinam acordo de delação premiada’, reportagem do jornal Valor Econômico, publicada na sexta-feira (27/02/2015), informa que os executivos da construtora Camargo Corrêa – presidente Dalton dos Santos Avancini