Teatro, filmes, palestras e pocket-show abordam a visibilidade trans em Salvador

Ator Luiz Fernando Almeida no espetáculo Dama da noite.
Ator Luiz Fernando Almeida no espetáculo Dama da noite.
Ator Luiz Fernando Almeida no espetáculo Dama da noite.
Ator Luiz Fernando Almeida no espetáculo Dama da noite.

Dois dias dedicados ao universo trans, suas nuances e peculiaridades. Com esta proposta acontece em Salvador, nos dias 29 e 30 de janeiro de 2015, a segunda edição do evento Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências, para celebrar o Dia Nacional da Visibilidade Travesti e Trans, comemorado em 29 de janeiro. Realizado pela Obá Cacauê Produções, através do edital Arte Todo Dia, da Fundação Gregório de Matos – Prefeitura Municipal de Salvador, o evento traz debates, pocket-show, performances, mostra de filmes, videoclipe e teatro, para abordar, por meio da arte, o tema Visibilidade contra a Discriminação. A programação ocorre no Cine-teatro Solar Boa Vista, no Engenho Velho de Brotas, sempre das 19h às 22h. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público.

Na abertura do evento uma mesa de debates trará o tema Visibilidade Trans e a Zero Discriminação, com participação do consultor do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), Javier Angonoa; da educadora social da Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM), Ariane Senna; e do ator e codiretor do espetáculo Dama da Noite (SP), Luiz Fernando Almeida. No dia 30, Ações visíveis para o público Trans será discutido por Paulette Furacão, coordenadora do Núcleo de Defesa dos Direitos da População LGBT da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Estado; Marcelo Cerqueira, presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB); e João Figuer, ator e diretor teatral.

Teatro – Também está na programação o premiado espetáculo paulista Dama da Noite, com atuação e codireção de Luiz Fernando Almeida e direção de André Leahun. A peça estreia em Salvador durante o Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências – Ano II e é baseada num texto homônimo do escritor Caio Fernando Abreu (1948- 1996). Dama da Noite é um monólogo que traz a história de uma mulher da noite, cercada de angústias e aflições, que resolve trocar a vida noturna pelo dia, e sofre por se sentir excluída do mundo. A proximidade entre ator e público permite que ele converse e interaja com os espectadores durante todo o tempo de espetáculo.

Histórico – O Dia da Visibilidade Trans surgiu em 29 de janeiro de 2004, durante o lançamento da Campanha Nacional “Travesti e Respeito”, do Ministério da Saúde. Nesse dia, representantes da Articulação Nacional das Travestis, Trasexuais e Transgêneros do Brasil (Antra) entraram no Congresso Nacional, em Brasília, para tornar a campanha conhecida nacionalmente. Naquele momento, as 52 organizações afiliadas à Antra, em todo o país, foram convidadas a sair às ruas para comemorar a data e reivindicar seus direitos.

Agenda

O Que: Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências – Ano II

Quando: 29 e 30 de janeiro de 2015, das 19h às 22h

Onde: Cine-teatro Solar Boa Vista, no Engenho Velho de Brotas, Ano II

Entrada gratuita

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109930 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]