Maior concurso da história do TJBA terá gabaritos divulgados nesta terça-feira

Eserval Rocha, presidente do TJBA, conduz maior concurso da história do tribunal.
Eserval Rocha, presidente do TJBA, conduz maior concurso da história do tribunal.
Eserval Rocha, presidente do TJBA, conduz maior concurso da história do tribunal.
Eserval Rocha, presidente do TJBA, conduz maior concurso da história do tribunal.

Nove anos depois do mais recente concurso público, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia realizou no domingo (25/01/2015) um novo certame com mais de 134 mil inscritos, número recorde na história da corte mais antiga nas Américas, fundada em 1609.

Foi constatado apenas um problema pontual, na Faculdade 2 de Julho, em Salvador, na aplicação das provas para os cargos de Analista Judiciário-Administração e Analista Judiciário-Contabilidade. Os cadernos distribuídos não correspondiam às provas dos dois cargos.

Ciente do fato, durante inspeção realizada nos locais do concurso, a Comissão Examinadora do Concurso adotou as providências que competiam no momento, exigindo os esclarecimentos técnicos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pela aplicação das provas.

“No momento, o principal objetivo é identificar o número de candidatos ao cargo que poderão realizar novas provas, a serem programadas pela fundação”, disse a juíza Andremara dos Santos, presidente da Comissão Examinadora.

Segundo a gestora de concursos da FGV, Vívian Távora, em concursos de grande porte, como este do tribunal, é possível ocorrer problemas. “O percentual de candidatos atingido é muito pequeno em relação ao total de candidatos”, disse.

Também de acordo com a fundação, nenhum candidato será prejudicado pois todas as providências serão tomadas e anunciadas o mais rápido possível.

O advogado da FGV, Elimar Mello, esclareceu que o problema foi decorrente do processo de impressão e envelopamento, realizado de forma mecânica no parque gráfico da FGV, para garantir o sigilo das provas. “Por isto o problema só foi descoberto na hora da distribuição na sala e não havia reserva técnica suficiente para a substituição”, explicou.

Os gabaritos de todas as provas dos outros 19 cargos serão divulgados nesta terça (27) pela FGV. No site do tribunal (www.tjba.jus.br), o candidato poderá acompanhar o passo a passo até a publicação do resultado final.

Um total de 123 instituições de ensino e órgãos públicos recebeu os candidatos, pela manhã e à tarde. Além de Salvador, as provas foram aplicadas nas cidades de Barreiras, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus, Juazeiro e Porto Seguro.

O estudante de Direito Valder Andrade de Oliveira foi um dos primeiros a entregar a prova, para candidatos de nível médio, no campus de Pituaçu da Universidade Católica de Salvador. “Só não fiz bem a parte de informática, no resto fui dentro do esperado”, disse, ao sair da sala.

Já a universitária do curso de Administração da Faculdade Universo, Aline Leal, achou “complicado”, mas reafirmou seu desejo em servir ao Tribunal de Justiça por causa da admiração pelo primo advogado, Ricardo Machado.

Responsável pelo fechamento dos portões, Gabriel Magnavita cumpriu o horário, sem que ninguém deixasse de entrar no campus da Católica, por atraso. Dois dos candidatos serviram de testemunha para assinar o documento com a informação oficial, como determina o edital.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109821 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]