Líder do PSDB na Câmara Federal destaca que conselho da Petrobras sabia dos prejuízos de refinaria

Antônio Imbassahy: “A refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, dará, por baixo, um prejuízo de R$ 8,3 bilhões à Petrobras".
Antônio Imbassahy: “A refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, dará, por baixo, um prejuízo de R$ 8,3 bilhões à Petrobras".
Antônio Imbassahy: “A refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, dará, por baixo, um prejuízo de R$ 8,3 bilhões à Petrobras".
Antônio Imbassahy: “A refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, dará, por baixo, um prejuízo de R$ 8,3 bilhões à Petrobras”.

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), ressaltou, nesta segunda-feira (19/01/2015), no Facebook, o prejuízo causado pela construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, era de conhecimento do Conselho de Administração da Petrobras, mas que não houve medidas por parte das autoridades.

“A refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, dará, por baixo, um prejuízo de R$ 8,3 bilhões à Petrobras, aponta relatório interno. A obra, cujo custo inicial era de R$ 6,2 bilhões, é a mais cara em curso no país, e hoje está orçada em R$ 48,6 bilhões. As perdas já eram conhecidas quando o Conselho de Administração da Petrobras, aprovou, em 2012, a continuidade das obras”, disse o líder.

Em seguida, Imbassahy acrescentou que: “No conselho estavam Graça Foster e Guido Mantega. A refinaria é um poço de falcatruas desde o seu início. Para relembrar: a Abreu e Lima foi uma parceria inventada por Lula para beneficiar Hugo Chávez, então presidente da Venezuela. O governo venezuelano não entrou com um ‘tostão furado’ na obra e a Petrobras teve de bancá-la sozinha. O aumento dos custos abasteceu o caixa da quadrilha que se instalou na Petrobras nos governos do PT”.

A Folha de S. Paulo informa que a Operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção na Petrobras, a refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, dará um prejuízo de ao menos US$ 3,2 bilhões à estatal, segundo relatório de auditoria interna obtido pelo jornal.

Estudos técnicos da empresa já apontavam as perdas quando integrantes do Conselho de Administração da Petrobras, entre eles a atual presidente da estatal, Graça Foster, aprovaram a continuidade das obras da refinaria, em junho de 2012.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106827 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]