Governador Rui Costa visita escola da rede estadual premiada em Itabuna

Governador Rui Costa durante visita ao Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna.
Governador Rui Costa durante visita ao Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna.
Governador Rui Costa durante visita ao Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna.
Governador Rui Costa durante visita ao Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna.

O Colégio Estadual Félix Mendonça, localizado no município de Itabuna, terra onde nasceu o escritor Jorge Amado, recebeu, nesta segunda-feira (19/01/2017), a vista do governador Rui Costa. Esta é a quinta unidade de ensino da rede estadual visitada pelo governador nestes primeiros 19 dias de gestão. Acompanhado pelo secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto, Rui Costa percorreu as instalações da unidade, que acumula, no histórico, premiações de Melhor Escola Pública do Ano (2013 e 2014), concedidas pelo Ministério Público do Estado da Bahia, devido aos projetos de boas práticas desenvolvidos, que elevaram a qualidade do ensino e da aprendizagem na unidade. A comitiva contou, ainda, com Edelvino Góes, secretário da Administração, André Curvelo, secretário de Comunicação e Álvaro Gomes, secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.

O governador conheceu espaços como biblioteca, rádio escola e recebeu, juntamente com Osvaldo Barreto, duas telas dos estudantes Matheus e Michael Simeone, que foram finalistas do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE). Na ocasião, Rui Costa disse que um dos desafios da sua gestão é a melhoria da qualidade da educação pública, e conclamou, mais uma vez, o envolvimento de todos no Pacto pela Educação na Bahia. “Um governador pode muita coisa, um presidente e um prefeito também, mas não podemos tudo. Quem faz o Estado são os cidadãos, é o povo. Cabe ao governador tomar iniciativas que coloquem o estado para frente. Eu quero e eu vou melhorar a escola pública da Bahia ao longo desses quatro anos, mas não posso fazer isso sozinho. Preciso da parceria dos prefeitos, da parceria e empenho dos professores, dos profissionais da educação e do envolvimento das famílias”, disse.

Na visita, Rui Costa destacou, especialmente, a participação dos pais e familiares neste processo. “Se hoje eu sou um governador do Estado, é porque tive um pai e uma mãe que honraram a educação de seus filhos. Nossas crianças e adolescentes precisam desse apoio para ter o interesse pelo estudo. Aquele estudante que conta com acompanhamento do pai e da mãe tem as melhores notas. E este Pacto pela Educação na Bahia é, também, um pacto pela vida da nossa juventude. Temos que disputar cada jovem para não perdê-lo para o mundo do crime. Eu prefiro apostar, mobilizar as famílias e abraçar a nossa juventude”, afirmou.

Mobilização – O secretário Osvaldo Barreto destacou o trabalho realizado pelo Colégio Estadual Félix Mendonça. “Em escolas como esta, com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica acima da meta, percebemos o quanto é importante o empenho dos docentes, gestores e colaboradores para desenvolver os projetos da Secretaria da Educação. É desta mobilização que nós estamos precisando. E a vinda do governador é importante porque mostra a prioridade que a educação tem no governo. Além disso, ele pode ver o que a escola tem de bom, o que precisa melhorar e, desta forma, construir um olhar sobre o que é preciso alterar”, disse, afirmando, ainda, a importância social que a escola oferece. “A educação é uma das formas mais certeiras de inclusão social. Nós temos que convencer nossa juventude que eles têm que estar na escola, que eles têm que se envolver com a escola”, disse o secretário.

A diretora da escola, Rose Guerra, fala da dedicação que a unidade tem para a formação do estudante. “O colégio ganhou esses prêmios justamente pelo envolvimento dos professores, pais, estudantes e comunidade. O nosso foco sempre foi o aluno. E, se os alunos alcançam os índices, o mérito vai, também, para todos que colaboraram nesse processo. A nossa equipe faz a diferença e mostra que a escola pública tem qualidade, valor e respeito. E ter a presença de um governador na escola, tentando resolver as questões, mostra que o foco está mesmo na educação”, afirmou.

O estudante Mateus Silva, 19 anos, fala da experiência na escola. “Eu estudo aqui há sete anos e vejo que a escola sempre melhora muito. Percebo que a minha escola me prepara bem para o futuro e, para isso, conto com o apoio importante de todos os meus professores”, falou.

Sobre a escola

Localizada no bairro Sarinha Alcântara, em Itabuna, o Colégio Estadual Félix Mendonça possui 14 salas de aulas, laboratório de informática, laboratório de ciências e sala de leitura. São 1.426 estudantes matriculados no ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), distribuídos nos três turnos.

A unidade também recebeu o prêmio Destaque Estadual, na 14ª edição do Prêmio Gestão Escolar 2013, do Conselho Nacional de Secretários de Educação, conquistando a participação no I Seminário Internacional de Boas Práticas de Gestão, em novembro de 2014, na Universidade de Nottinghan, em Londres, na Inglaterra. A instituição foi selecionada a partir do projeto ‘Eu Quero, Eu Posso, Eu Devo Combater a Violência – abrace a paz e promova essa causa’, que abordava temas diversos como bullying, gravidez na adolescência, obesidade e verminoses, sempre a partir da discussão com a comunidade escolar.

Além de Itabuna, Rui Costa, desde que assumiu, também visitou unidades de ensino da rede estadual nos municípios de Nova Redenção, Itapetinga, Muritiba e Salvador. Na próxima sexta-feira (23/1), o governador, ao lado do secretário Osvaldo Barreto, visita o Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) Recôncavo II, em Cruz das Almas, a 146 km de Salvador. Já no sábado (24/01), é a vez da comunidade escolar do Colégio Estadual Manoel José de Andrade, em Planaltino, a 322 km da capital baiana, receber o chefe do executivo e o gestor da Secretaria da Educação do Estado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109848 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]