Deputado Joseildo Ramos reúne com secretário estadual da saúde e cobra saída do grupo Monte Tabor da administração do hospital Dantas Bião

Joseildo Ramos e Fábio Vilas-Boas.
Joseildo Ramos e Fábio Vilas-Boas.
Deputado Joseildo Ramos sugere ao secretário Fábio Vilas-Boas a saída do Monte Tabor da administração do hospital Dantas Bião.
Deputado Joseildo Ramos sugere ao secretário Fábio Vilas-Boas a saída do Monte Tabor da administração do hospital Dantas Bião.

Mudanças na administração do Hospital Dantas Bião, construção da Maternidade Regional, implantação do setor de Neurocirurgia, Oncologia e do curso de Medicina na rede privada. Esses foram alguns pontos da extensa pauta de reunião do deputado estadual Joseildo Ramos (PT) com o secretário estadual da saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, realizada nesta segunda-feira (19/01/2015). Joseildo foi um dos primeiros parlamentares a ser recebido pelo secretário.

O deputado solicitou a saída do grupo Monte Tabor da administração do hospital. A entidade tem convênio com o estado até março de 2015, mas não vem cumprindo as responsabilidades no atendimento à população. “Não há a menor condição de continuar com essa situação. Estamos discutindo alternativas para garantir que a população tenha o atendimento de forma plena. A área da saúde é o maior problema de Alagoinhas. É prioridade zero do nosso mandato e do governador Rui Costa”, destacou o parlamentar.

A secretaria abrirá novo edital licitatório para definir uma nova gestão para a unidade hospitalar. O secretário lembrou que o estado está em dia com suas obrigações com a entidade e se comprometeu a cobrar um maior envolvimento do grupo Monte Tabor. “Eles vão ter que honrar a assistência à população até o último dia de contrato”. Durante a reunião, o secretário garantiu prioridade absoluta para atender um pedido do deputado e contratar a equipe de neurocirurgia do hospital.

Regionalização da Saúde

Joseildo também discutiu alternativas para melhorar o atendimento em todo o território a partir dos consórcios públicos e do aproveitamento de outras unidades hospitalares da região, como o Hospital Municipal de Pojuca, que não funciona de forma plena, mas pode ajudar a desafogar o Dantas Bião. Recém-criado, o Consórcio do Litoral Norte / Agreste Baiano, que agrega 22 municípios do território pode ser uma saída para melhorar a gestão da saúde. A formação de consórcios nessa área é uma das prioridades de Rui para melhorar o acesso da população baiana à saúde. “Assim funciona nos países mais desenvolvidos. O consórcio é a forma mais democrática porque empodera e fortalece os municípios, além de desburocratizar a administração dos recursos”, salientou o secretário.

Curso de Medicina

Pelos menos dois gigantes grupos de educação estão interessados em implantar o curso de Medicina em Alagoinhas. Os grupos Devry e Laureate, que administram a Faculdade Ruy Barbosa e a Unifacs, respectivamente, estudam abrir o curso no município. A habilitação para o curso foi articulada pelo deputado Joseildo junto ao Ministério da Educação, Ministério de Saúde e secretaria estadual. De acordo com Fábio Vilas-Boas, Alagoinhas deve ser um das primeiras, das seis cidades baianas contempladas, a ter o curso funcionando. A reunião contou com a participação do vereador Luciano Sérgio (PT), presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Alagoinhas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116800 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.