Cresce demanda por Melão Pele de Sapo no Brasil

Melão Asturia (à esquerda) e melão Grand Prix (à direita) da Sakata. Destinado à exportação, sobretudo para a Europa, o melão tipo Pele de Sapo tem conquistado gradativamente o paladar dos brasileiros e incentivado a produção para abastecimento do mercado interno.
Melão Asturia (à esquerda) e melão Grand Prix (à direita) da Sakata. Destinado à exportação, sobretudo para a Europa, o melão tipo Pele de Sapo tem conquistado gradativamente o paladar dos brasileiros e incentivado a produção para abastecimento do mercado interno.
Melão Asturia (à esquerda) e melão Grand Prix (à direita) da Sakata. Destinado à exportação, sobretudo para a Europa, o melão tipo Pele de Sapo tem conquistado gradativamente o paladar dos brasileiros e incentivado a produção para abastecimento do mercado interno.
Melão Asturia (à esquerda) e melão Grand Prix (à direita) da Sakata. Destinado à exportação, sobretudo para a Europa, o melão tipo Pele de Sapo tem conquistado gradativamente o paladar dos brasileiros e incentivado a produção para abastecimento do mercado interno.
Características do melão Asturia e do melão Grand Prix.
Características do melão Asturia e do melão Grand Prix.

A produção de melão no Brasil, em 2012, foi de 575,4 mil toneladas, gerando, aproximadamente, 475 milhões de reais para quase 220 mil produtores, segundo dados da ApexBrasil/2014. Atualmente, cerca de 70% da produção é destinada ao mercado externo, contudo as demandas do mercado interno também vêm crescendo de forma gradativa nos últimos anos. Dentro deste mercado, a variedade tipo Pele de Sapo representa, hoje em dia, de 15% a 18% da área plantada de melão no Brasil.

De acordo com Alexandre Mori, Gestor de Produtos da Sakata, multinacional japonesa que produz e comercializa sementes de hortaliças e flores em todo o mundo, o melão Pele de Sapo ainda encontra um pouco de resistência por parte dos consumidores, já que é uma variedade completamente diferente do fruto tradicional amarelo, devido à cor da casca – que dá a falsa impressão de estar verde -, além do próprio nome em si. “Porém, uma vez quebrada essa barreira inicial, o consumidor que prova, gosta bastante do fruto e acaba voltando a comprá-lo, em função da sua alta qualidade e sabor”, comenta. Tendo como principal destino o exigente mercado europeu, o consumo do fruto vem se popularizando aos poucos no Brasil e o aumento da demanda tem incentivado muitos agricultores a investirem mais no mercado interno (nacional).

O melão Pele de Sapo pode ser encontrado nas capitais de todas as regiões do Brasil, especialmente em grandes redes de supermercados, sobretudo nesta época do ano, em que há um aumento da oferta, em função do auge da produção, localizada principalmente em Mossoró (RN) e em alguns pontos do Vale do São Francisco, região que abrange estados como Minas Gerais, Bahia e Pernambuco. Embora possa ser produzido o ano todo, a colheita ocorre, principalmente, entre os meses de setembro e março.

Seu preço, um pouco mais elevado quando comparado ao melão tradicional, se deve, basicamente, ao maior custo de produção. “Este tipo de melão exige um manejo nutricional muito mais apurado que outros tipos, além de consumir maior quantidade de adubo. O ciclo de produção é mais longo e é mais sensível a intempéries climáticas”, explica Mori. Em compensação, o melão tipo Pele de Sapo é muito mais saboroso, doce, firme e uniforme, quando comparado ao tradicional.

Liderança de mercado

A Sakata é uma das principais companhias do mundo que mais investe em melhoramento genético de melões, visando desenvolver variedades que atendam as demandas atuais e futuras de mercado. A União Europeia é a região que mais compra os melões produzidos no Brasil.

Especificamente sobre o melão tipo Pele de Sapo, a empresa é uma das mais atuantes neste mercado, tanto no Brasil, quanto na Espanha, onde esta variedade de melão é amplamente consumida, sendo a mais popular. Dentro do segmento Pele de Sapo, a Sakata possui duas variedades de melão no Brasil: o Gran Prix e o Asturia.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107981 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]