Prefeitura de Feira de Santana divulga boletim epidemiológico da chikungunya

Boletim epidemiológico da chikungunya divulgado pela Prefeitura de Feira de Santana.

Boletim epidemiológico da chikungunya divulgado pela Prefeitura de Feira de Santana.

Na estação mais esperada do ano, o verão, os cuidados contra a dengue e a febre chikungunya devem ser redobrados. As temperaturas elevadas e as chuvas irregulares favorecem a reprodução do mosquito transmissor das doenças, o aedes aegypti.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, reforça que é fundamental a participação dos moradores na prevenção da febre chikungunya e da dengue. Ela diz que entre as medidas ao alcance de todos estão o armazenamento correto do lixo e a remoção de todos os objetos que possam acumular água.

Os ovos do mosquito são depositados em água parada e podem sobreviver por mais de um ano à espera de um clima propício para se desenvolver. Entre os principais criadouros estão vasos, pneus, garrafas, caixas d’água, ou seja, tudo que possa acumular água.

Durante o ano, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Divisão de Vigilância Epidemiológica, realizou diversas ações nos bairros, sobretudo aqueles que registram maior número de notificações, visando conscientizar a comunidade a eliminar os criadouros do aedes e, consequentemente, controlar o surgimento de novos casos da febre chikungunya e da dengue.

Foram feitas visitas domiciliares, nas quais os agentes de endemias orientaram os moradores, bem como o bloqueio de bomba costal e tratamento focal e perifocal. Também foram desenvolvidas atividades de educação em saúde nas escolas, acompanhamento e monitoramento de todos os casos suspeitos e mutirões de limpeza.

CONTROLE 

Na primeira semana oficial do verão não foram registrados novos casos de febre chikungunya em Feira de Santana. Segundo dados do boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira, 29, os 816 casos confirmados no último levantamento, há uma semana, se mantiveram.

Leia +

Crescimento de casos descartados aponta retração da chikungunya em Feira de Santana

Prefeitura de Feira de Santana informa que foi contido avanço de chikungunya na zona rural

789 casos da febre chikungunya são registrados no Brasil, Feira de Santana lidera ocorrências com 371 infectados

337 casos da febre chikungunya são registrados no Brasil, Feira de Santana lidera ocorrências com 274 infectados

Médico e professor da UnB diz que vírus chikungunya chegou para ficar

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]