Juazeiro terá centro de excelência de fruticultura

Secretário Jairo Carneiro explica que Distrito Industrial do São Francisco, em Juazeiro, será transformada num centro de excelência de fruticultura.
Secretário Jairo Carneiro explica que Distrito Industrial do São Francisco, em Juazeiro, será transformada num centro de excelência de fruticultura.
Secretário Jairo Carneiro explica que Distrito Industrial do São Francisco, em Juazeiro, será transformada num centro de excelência de fruticultura.
Secretário Jairo Carneiro explica que Distrito Industrial do São Francisco, em Juazeiro, será transformada num centro de excelência de fruticultura.

Parte das instalações do Distrito Industrial do São Francisco, em Juazeiro, será transformada num centro de excelência de fruticultura, destinada a fortalecer esse setor, visto que o Vale do São Francisco produz em média 98% das frutas que são exportadas no país, com destaque para a manga, que abrange 90% da produção baiana que sai do Brasil. Com esse objetivo, a Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), assinou termo de compromisso com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-Ba), para a transferência de domínio de 18.613 m² da área do Distrito Industrial. O documento foi assinado pelo secretário Jairo Carneiro, através da Seagri, e Geraldo Machado, pelo Senar, durante a abertura da Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador.

Além desse termo de compromisso, a assinatura de diversos convênios, termos de cooperação e cessão de uso, destinados ao fortalecimento da agropecuária, no valor total de R$ 10,3 milhões, entre a Secretaria Estadual da Agricultura da Bahia (Seagri) e instituições parceiras, marcou a abertura oficial da Feira Internacional da Agropecuária da Bahia – Fenagro 2014, realizada no último domingo, 30 de novembro.

O secretário Jairo Carneiro, define a Fenagro como uma expressão da força e união do setor produtivo e governo. “O governo do Estado apóia decisivamente a realização da 27ª edição da Fenagro, com investimentos da ordem de R$ 1,7 milhão, recursos de várias secretarias e órgãos públicos, capitaneados pela Seagri, incluindo a cessão do Parque de Exposições. Os convênios assinados vão assegurar mais condições, e melhor desempenho do segmento representativo para a economia baiana”, disse.

Entre os convênios estão, o acordo cooperação técnica e financeira para a produção de 50 mil mudas selecionadas de coco na região do Litoral Norte baiano, assinado com a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (Ebda) e a ação inovadora celebrada através de termo de compromisso, garantindo, a partir deste mês, atendimento diário e gratuito para milhares de crianças e adolescentes, com atividade interdisciplinar especializada de equoterapia, no Parque de Exposições de Salvador, assinado com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos de Passeio e Esporte (ABCCPE), e com a Associação Baiana de Equoterapia (ABAE) e a Polícia Militar da Bahia (Esquadrão de Polícia Montada), no valor de R$ 100 mil.

Também foi celebrado pela Seagri e parceiros, o contrato para execução de serviços de produção por meio de propagação e micropropagação, em larga escala, de mudas clonais e seminais de cacau, resistentes à vassoura-de-bruxa, e de outras plantas de interesse agroecológico, com o Instituto Biofábrica de Cacau; o termo de compromisso de permissão de uso de 158 motocicletas e acessórios, objetivando a ampliação da capacidade operacional dos agentes de crédito do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), agilizando o atendimento aos agricultores familiares no acesso ao financiamento de Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com o BNB; e o termo de permissão de uso do imóvel onde está instalada a unidade industrial da Moscamed, também em Juazeiro, com a Biofabrica Moscamed Brasil.

Durante a cerimônia também foi lançado a proposta para criação do curso de Especialização e Equoterapia através da superintendência e pesquisa de pós-graduação da Universidade Católica do Salvador (UCSAL), em parceria com a ABAE. A descentralização deste serviço no parque atenderá uma demanda reprimida da Associação Baiana de Equoterapia, que atua em parceria com a Polícia Montada e 19° BC. O cavalo a serviço da habilitação, reabilitalção social é uma realidade na Bahia, que atende a 14 municípios no Estado.

Realizada pelo conjunto das associações de criadores, através da Central das Exposições Associação Baiana dos Criadores de Nelore (ABCN), a Fenagro tem a parceria do governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura, (Seagri/Bahia Pesca, ADAB, EBDA), e instituições financeiras Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Desenbahia. Também apoiam o evento a SAEB, SEFAZ, SESAB, PGE, SSP, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SEC, CAR, SEDES, Casa Civil, Casa Militar, SECOM, SUCAB, Embasa, SEMA, SETUR, SECTI e SICM.

Participam desta edição 800 expositores com 6.000 animais, entre bovinos, com 1.000 exemplares, eqüinos (1.500), caprinos e ovinos (2.500), além de pequenos animais. Serão homenageadas as raças Girolando, Campolina, Boer e Dorper, das espécies bovinas, equinas, caprinas ovinas, respectivamente.

A maior feira agropecuária do Norte-Nordeste, que segue até o próximo domingo (7), abriga nesta edição dois grandes eventos envolvendo animais ovinos: a Exposição Nacional da Raça Dorper e a Exposição Nacional da Raça White Dorper. A programação também contempla um festival gastronômico, espaço cultural com shows musicais, salão internacional, torneio leiteiro, cursos de formação e capacitação, provas desportivas, feira de adoção de pequenos animais, além de diversificada programação infantil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111075 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]