Decreto do governo Jaques Wagner pode provocar profunda mudança no secretariado do prefeito José Ronaldo

Prefeito José Ronaldo de Carvalho busca negociar com governador eleito Rui Costa, para não ter que mudar parte do secretariado.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho busca negociar com governador eleito Rui Costa, para não ter que mudar parte do secretariado.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho busca negociar com governador eleito Rui Costa, para não ter que mudar parte do secretariado.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho busca negociar com governador eleito Rui Costa, para não ter que mudar parte do secretariado.

Segundo uma qualificada fonte do gabinete do prefeito José Ronaldo, o governador Jaques Wagner publicou decreto determinando que todos os servidores estaduais à disposição do município de Feira de Santana retornem às funções originais no governo do Estado da Bahia.

Vários servidores estaduais ocupam cargos de confiança da gestão de José Ronaldo, a exemplo de Mário Borges, Carlos Brito, José Pinheiro, dentre outros. Caso o prefeito não consiga negociar a manutenção destes servidores com o governador eleito, Rui Costa, a gestão de Ronaldo passará por significativas mudanças.

Dupla ocupação

O Jornal Grande Bahia vai requerer, da Secretaria de Administração, informações sobre servidores municipais que acumulam função em outras instituições, tanto na esfera pública, como na privada. Segundo denúncia encaminhada ao jornal, alguns servidores, notadamente secretários, teriam carga de 80 horas semanais.

O denunciante disse que é humanamente impossível exercer a função de secretário, cumulada com a de professor. “O secretário municipal tem elevada carga de trabalho, além de ter que participar de atividades fora do município, a exemplo de encontros, seminários, e debates. Não dá para compatibilizar duas funções que exigem esforço intelectual e presença física”, pontua.

Leia +

Prefeito de Feira de Santana anuncia troca de secretários

Deputado Carlos Geilson contesta indicação de nome para compor secretariado do município de Feira de Santana

Durante evento da SECOM, secretário Jailton Batista trata com desrespeito prefeito de Feira de Santana

Prefeito de Feira de Santana troca secretários

Sobre Carlos Augusto 9719 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).