Apenas um tijolo no muro | Por Ubiracy de Souza Braga

Ubiracy braga.
Ubiracy braga.

Ubiracy braga.
Ubiracy braga.

Os alemães celebraram o aniversário de 25 anos da queda do Muro de Berlim, símbolo da di-visão do mundo. As cruzes na rua simbolizam os que morreram tentando ultrapassar o muro. O cinzento símbolo de divisão virou uma colorida arte de rua. Os poucos trechos que restam do muro de Berlim hoje servem para atrair turistas. Uma mulher, que homenageou os mortos com rosas, rememora que tinha 14 anos quando tentou fugir da Alemanha Oriental e infelizmente foi detida. – “A queda do muro significou liberdade, direitos humanos e democracia”.

A data também foi lembrada com sabedoria pelo Papa Francisco na missa deste domingo. Ele pediu aos fiéis que “rezem para que os muros que ainda dividem o mundo sejam derrubados”. Foi, contudo, no dia 9 de novembro de 1989, o parti pris que a pressão popular dos moradores do lado oriental obrigou os guardas a abrirem os portões. Com festa, os dois lados se reencontraram. Os alemães tentaram reproduzir a emoção da noite em que o muro deixou de ser uma barreira concreta que dividia corações e, simbolicamente, o mundo. Quando os balões foram soltos, foi como se o muro tivesse caído de novo fazendo os alemães voltarem a ser um único povo.

Os 8 mil balões faziam o percurso onde ficava o muro. As ruas da cidade por onde ele passava ficaram lotadas como há 25 anos, para ver a história finda, de alguma forma, se repetir. A grande festa na frente do portão de Brandemburgo terminou com uma trilha sonora que simboliza o sentimento dos alemães: o último movimento da 9ª Sinfonia de Beethoven: a “Ode à Alegria”. Ao longo das semanas seguintes, partes do Muro de Berlim foram destruídas por um público eufórico e por caçadores de souvenires. Mais tarde, equipamentos industriais foram usados para remover quase o todo da estrutura. A queda do Muro de Berlim abriu o caminho para a reunificação alemã que foi formalmente celebrada em 3 de outubro de 1990. Muitos apontam este momento histórico também como o fim da chamada Guerra Fria.

Ubiracy de Souza Braga é sociólogo (UFF), cientista político (UFRJ). Professor Associado da Universidade Estadual do Ceará.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116800 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.