Operação integrada combate ações criminosas que atuam nas fronteiras do País

Logomarca da Polícia Federal (PF)
Logomarca da Polícia Federal (PF)

Em mais uma ação integrada organizada pelo Ministério da Justiça, as polícias dos nove estados da região Nordeste e dos estados que fazem fronteiras com outros países fecharam o cerco contra organizações criminosas que atuam em diversas regiões do Brasil. Na Bahia 16 pessoas foram presas, entre elas João Paixão da Silva e Antonio Elber Pereira Santos, flagrados armazenando ilegalmente explosivos em gel, em uma residência, na localidade de Brejinho das Ametistas, distrito de Caetité.

O Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif) já tinha identificado a região como ponto de venda clandestina de artefatos explosivos e, através de investigações, chegou à casa onde ficava guardado parte do material. A dupla alegou trabalhar em um garimpo chamado de Casarão. A polícia foi até o local e apreendeu mais emulsões em gel, totalizando 8,4 quilos de explosivos, que, segundo a polícia, deveria ser usado em ataques a caixas eletrônicos no interior.

O trabalho de investigação e perícia dos explosivos será feito pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Exército. Este último fiscaliza e autoriza a comercialização legal dos artefatos. Também em Brejinho das Ametistas a polícia apreendeu 40 quilos de pedras semipreciosas em situação irregular. “Tivemos resultados extremamente positivos, que nos credenciam a realizar, ainda nesse ano, uma operação envolvendo todos os estados brasileiros”, declarou o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, via videoconferência.

Flagrantes

Ainda na região de Caetité, na BR-030, a polícia prendeu Jescimiel Ferreira de Abreu, que portava um Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) falso, e Renato Alves Brito, que conduzia um veículo com chassi adulterado. Já no município baiano de Lençóis, na BR-242, Raimundo Nonato de Santana foi preso com um quilo de maconha. Em São Sebastião do Passé, por sua vez, um menor foi apreendido com 60 munições, um quilo de pólvora e espoletas.

Trezentos e oitenta e dois policiais (militares, civis, rodoviários federais e das Forças Armadas) trabalharam na operação, com o suporte do CICCR, que representou o núcleo operacional da ação. Foram montadas barreiras policiais, resultando na abordagem e revista de 1.402 pessoas, além de 847 veículos vistoriados. O subsecretário da Segurança Pública, Ary Pereira de Oliveira, destacou o êxito da ação, ressaltando que o bom resultado é consequência da integração entre as forças de segurança.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112585 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]