Quarteto de cordas nova-iorquino executa peças de autores baianos no Seminário do MAB

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Conceituado quarteto de cordas.
Conceituado quarteto de cordas.
Conceituado quarteto de cordas.
Conceituado quarteto de cordas.

Conceituado quarteto de cordas nova-iorquino executa peças de autores baianos no Seminário do MAB. Violista Victor Lowrie destaca “música de impressionante beleza e força emocional” das obras.

Não é de hoje que a música de concerto baiana (ou produzida na Bahia por autores residentes por aqui) causa uma forte impressão na comunidade erudita internacional. Na verdade, estado tem tradição na área desde os anos 1960, quando Walter Smetak e o Grupo de Compositores da Bahia (Ernst Widmer, Lucemar A. Ferreira, Lindembergue Cardoso, Jamary Oliveira) botou o estado no mapa-múndi dos sons eruditos.

Tradição que vem sendo levada adiante com muita competência e sensibilidade artística por nomes como Paulo Costa Lima, Wellington Gomes e os membros da OCA (Oficina de Composição Agora), entidade realizadora do MAB.

Está aí o grupo novaiorquino The Mivos String Quartet, quarteto de cordas conceituadíssimo mundo afora, para não nos deixar mentir.

Em sua primeira viagem ao Brasil, o Mivos faz um concerto em Salvador incluindo no programa peças de compositores baianos de agora, como o já citado Paulo Costa Lima (Zazie-Quartettsatz) e o membro da OCA Guilherme Bertissolo (Pungência Agônica).

Vejamos o que diz Victor Lowrie, violista do Mivos Quartet, sobre esse concerto: “O Mivos String Quartet vai executar obras de jovens comspositores brasileiros, além de um clássico moderno, o Quarteto de Cordas Nº 3 (Grido), do compositor alemâo Helmut Lachenmann”.

“Estas peças destacam uma grande variedade de estilos da música contemporânea, desde ritmos de dança até técnicas de ruído prolongado, tudo usado para fazer música de impressionante beleza e força emocional”, acrescenta o músico.

O Mivos Quartet, de Nova York, é formado por Joshua Modney e Olivia De Prato (violinos), Mariel Roberts (violoncelo) e Victor Lowrie (viola).

O concerto do Mivos String Quartet em Salvador é na segunda-feira, dia 10 de novembro, no Teatro do Icba – Instituto Goethe Bahia. Ingressos a R$ 40 e R$ 20.

O Que é o Mab | Música de agora na Bahia

O MAB, que teve sua primeira edição em 2012, retorna em 2014 com
patrocínio da Petrobras, através da seleção pública de Redes de Música
do Programa Petrobras Cultural. Com uma série de mais de cem ações
artísticas, de formação de plateia e de formação de músicos, o MAB é
uma iniciativa que envolve público e artistas em direção à
conscientização e difusão da produção musical atual com o olhar focado
na Bahia.

O MAB será realizado entre julho de 2014 e dezembro de 2015 e visa
apresentar à sociedade a rica produção de música contemporânea na
Bahia, qualificar compositores e intérpretes, além de mostrar à
população um outro lado da arte, colaborando com seu enriquecimento
cultural.

O projeto contará com concertos com artistas locais, nacionais e
internacionais, palestras, recitais em escolas públicas, intervenções
performáticas, seminários, workshops, concursos de composição locais e
um latino-americano, além da concessão de bolsas para estudantes da
rede pública e para compositores de outros estados do Brasil.

O MAB é realizado pela OCA | Associação Civil Oficina de Composição
Agora, que desde 2004 desenvolve atividades artísticas e educacionais
no âmbito da música popular e erudita no Brasil e internacionalmente.

Saiba +

Dia (7/11) às 20h | Orquestra Sinfônica da UFBA (com Mario Ulloa, sob a
direção de Erick Vasconcelos), no Salão Nobre da Reitoria. |Entrada franca

Dia (8/11) às 20h |: Projeção Sonora Especial – Direção: Pedro Filho. Teatro do Movimento (Escola de Dança da Ufba) | Entrada franca

Dia (9/11) às 20h | Grupo Cron (RJ), no Salão Nobre da Reitoria da Ufba | Entrada franca

Dia (10/11) às 20h | Mivos Quartet (www.mivosquartet.com) (NY), no Teatro do ICBA
Ingressos | R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia)

Dia (11/11) às 20h | Duo CardAssis, no Salão Nobre da Reitoria da Ufba. | Entrada franca

Programa

Guilherme Bertissolo, Pungência Agonica
Paulo Costa Lima, Zazie-Quartettsatz
Felipe Lara, Corde Vocale
Helmut Lachenmann, String Quartet No. 3 “Grido”

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121775 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.