Programa Mais Futuro prepara Jovens para atuar no SAC

Aula Inaugural de Jovens do Programa Mais Futuro.
Aula Inaugural de Jovens do Programa Mais Futuro.
Aula Inaugural de Jovens do Programa Mais Futuro.

Com o objetivo de dar as boas-vindas e tirar dúvidas dos 150 jovens, moradores de Salvador e da região metropolitana, com idade entre 18 e 22 anos incompletos, que foram selecionados para atuar nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), foi realizada na manhã de quarta-feira (05/11/2014), na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), a aula inaugural do Programa Mais Futuro. A iniciativa é das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), em parceria com o Instituto de Co-Responsabilidade para Educação e Saúde (Incores).

 De acordo com a diretora do programa, Andressa Branco, os jovens atuarão durante dois anos como assistentes administrativos e, a partir de agora, será iniciada a capacitação, que inclui atividades práticas e teóricas. “Eles passam de dois a três meses nas Voluntárias Sociais, fazendo a capacitação teórica e, em seguida, vão para o ambiente prático, no SAC, onde também têm uma preparação”. Morador do bairro de Pau da Lima, Alisson Sacramento, 20 anos, já trabalhou como auxiliar de marcenaria, e está ansioso para ser um dos colaboradores do SAC. “Minha expectativa é muito boa porque [o programa Mais Futuro] ajuda a alavancar nossa vida profissional e isso é muito bom pra gente”.

Natural de Juazeiro, Laiane Ferrari vive há cinco anos em Ipitanga, município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Conforme a estudante, trabalhar no SAC será sua primeira experiência profissional. “Espero prosseguir [com] um trabalho correto, mostrar eficiência e assim poder colaborar com o desempenho do SAC e ganhar experiência, que acredito ser importante, pois é no [Governo do] Estado, com profissionais que vão colaborar para meu crescimento”.

Primeiro emprego

Ainda segundo Andressa Branco, por meio do programa de aprendizagem da VSBA, que inclui o Programa Mais Futuro, cerca de 2,5 mil jovens já atuaram em órgãos estaduais, seja na administração pública direta ou nas empresas públicas e de economia mista. “São ministradas matérias, como informática, matemática, português e, ao final dos 24 meses, eles recebem a certificação”.

Alguns pais acompanharam os filhos na primeira atividade do programa Mais Futuro, entre eles, a dona de casa Eliene Dantas, moradora do bairro do Lobato e mãe de Michelle Vivian, 19. “Estou feliz porque é uma oportunidade para ela se desenvolver no primeiro emprego e ir aprendendo como é [o mercado de trabalho]. Isso é muito importante”. Já Michelle afirmou estar ansiosa para começar a trabalhar. “Minha expectativa é muito boa. [É] minha primeira oportunidade. Espero aprender muito para levar adiante as experiências que vou adquirir”. Também participaram da aula inaugural o superintendente de Recursos Humanos da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), Adriano Tamboni, e a gerente de Projetos do Instituto de Corresponsabilidade para Educação e Saúde, Valéria Costa.

Convênio com o SAC

Os 150 jovens fazem parte do oitavo convênio firmado com o SAC, que entre 2008 e 2014, beneficiou 979 jovens, em condição de vulnerabilidade social. Após os dois anos de contratação previstos pelo programa, muitos desempenharam tão bem suas funções que foram recontratados, seja por meio de empresas terceirizadas ou em cargo comissionado.

A Superintendência de Atendimento ao Cidadão, vinculada à Saeb, é pioneira na utilização da mão de obra de jovens aprendizes. O diretor operacional do SAC, Dário Cova, afirma que a parceria com o Programa Mais Futuro tem sido positiva. “Conseguimos fazer com que estes jovens fossem bem acolhidos e fizessem parte do corpo funcional dos postos SAC, com grandes resultados”.

*Com informação: Secom Bahia

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108883 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]