Vereador volta a criticar empresas do transporte coletivo urbano de Feira de Santana

Edvaldo Lima volta a criticar empresas do transporte coletivo urbano.
Edvaldo Lima volta a criticar empresas do transporte coletivo urbano.
Edvaldo Lima volta a criticar empresas do transporte coletivo urbano.
Edvaldo Lima volta a criticar empresas do transporte coletivo urbano.

Em pronunciamento na tribuna da Casa Legislativa nesta quarta-feira (01/10/2014), o vereador Edvaldo Lima (PP) criticou as condições de uso e o fatiamento dos ônibus da empresa Princesinha e 18 de Setembro.

O vereador apresentou matéria do Jornal Folha do Estado e Acorda Cidade, sobre o ônibus da empresa Princesinha que pegou fogo no bairro Sobradinho, na manhã do dia 30 de outubro.

“Eu fico preocupado, porque, recentemente, nesta Casa,  o vereador  Alberto Nery declarou que  essa empresa Princesinha não existe,  que algumas locadoras prestam serviços à comunidade de Feira de Santana através da logomarca da empresa Princesinha”, disse Edvaldo.

Para o edil, a cidade de Feira de Santana não merece empresas que não têm ônibus operando o sistema de transporte coletivo urbano.

“É  por isso que o sistema de transporte desta cidade está do jeito que está. A empresa Princesinha e 18 de setembro não têm ônibus, são obrigadas  a locar ônibus de outras empresas. E aí  chegam lá e não  encontra ônibus novos, encontram veículos caindo aos pedaços, vazando óleo, soltando roda, quebrando barra de direção, pegando fogo. É uma situação calamitosa. Aonde nós iremos chegar com essa situação? É uma denuncia grave o que o vereador Alberto Nery colocou aqui”, afirmou.

Além dos problemas estruturais, o edil informou que a empresa Princesinha  não está regular com as obrigações trabalhistas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112803 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]