Governo intervém no mercado para regularizar preço do feijão na Bahia

Governo controla preço do feijão para evitar desequilíbrio no mercado.
Governo controla preço do feijão para evitar desequilíbrio no mercado.
Governo controla preço do feijão para evitar desequilíbrio no mercado.
Governo controla preço do feijão para evitar desequilíbrio no mercado.

Buscando a regularização dos preços e a garantia de renda ao produtor rural, com ênfase na agricultura familiar, a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) em parceria com órgãos do Governo do Estado da Bahia, entre eles, a Secretaria Estadual da Agricultura/Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (Seagri/EBDA), está comprando feijão diretamente dos agricultores, referente à safra de inverno, por conta da supersafra. A EBDA é responsável pelo cadastro dos agricultores e pela classificação do feijão que será encaminhado às unidades da CONAB.

Neste primeiro momento, a CONAB está adquirindo o feijão produzido por agricultores do município de Euclides da Cunha, que teve uma safra de cerca de 60 mil toneladas, em uma área plantada superior a 55 mil hectares. O cadastro dos agricultores interessados em vender o feijão está acontecendo no Escritório Local da EBDA do município, e o produto é encaminhado para que técnicos da empresa, em Ribeira do Pombal, façam a coleta das amostras e a classificação.

De acordo com Robério Abreu, Chefe do Escritório Local da EBDA em Euclides da Cunha, o número de agricultores inscritos, no primeiro dia, superou a expectativa. “Atendemos numa manhã quase 50 agricultores, a previsão é atender 2 mil agricultores só na região”, informou. Para fazer o cadastro, o agricultor precisa apresentar a carteira de identidade e o CPF.

Cada agricultor poderá efetuar a venda de sua produção até o limite de 100 sacas de feijão. De forma a assegurar os preços mínimos fixados pelo governo federal, a CONAB utilizará como base na cotação de valores do feijão o instrumento de Aquisição do Governo Federal (AGF), variando conforme a classificação do produto em Tipo 1 e Tipo 2 (R$ 88,35/saca 60kg a R$ 94,99/saca de 60kg). Para esta operação, os agricultores familiares poderão efetuar a venda de sua produção até o limite de 100 sacas.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108310 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]