Eleições 2014 – Bahia: com a liderança de José Ronaldo, Feira de Santana é a grande derrotada na eleição para deputado federal

José Ronaldo de Carvalho mostra o número de derrotas, cinco, três vezes para governador e uma para senador e outra para presidente da república.
José Ronaldo de Carvalho mostra o número de derrotas, cinco, três vezes para governador e uma para senador e outra para presidente da república.
José Ronaldo de Carvalho mostra o número de derrotas, cinco, três vezes para governador e uma para senador e outra para presidente da república.
José Ronaldo de Carvalho mostra o número de derrotas, cinco, três vezes para governador e uma para senador e outra para presidente da república.

O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (DEM), consegue o que poucos políticos feirenses conseguiram ao longo da história do município, perder representatividade na Câmara Federal.

Em uma demonstração de desaprovação à liderança de Ronaldo, os feirenses não apenas deixaram de eleger, no dia 5 de outubro de 2014, representantes do município para a Câmara Federal, como impuseram sucessivas derrotas contra Ronaldo, para presidente da república, governo do estado, e senado da república.

Em Feira de Santana, Dilma Rousseff (PT) obteve 149.587 (51,51%), em segundo lugar aparece Marina Silva, com 85.036 (29,28%); em terceiro lugar o candidato a presidente apoiado por Ronaldo, Aécio Neves (PSDB), com 48.533 (16,71%).

Para o senado da república, em Feira de Santana, Otto Alencar obteve a maior votação 112.323 (46,68%), em segundo lugar ficou o candidato apoiado por José Ronaldo, Geddel Vieira Lima, com 91.454 (38,01%).

A maior derrota de Ronaldo ocorreu na eleição para governador da Bahia, liderado de Paulo Souto, Ronaldo é derrotado pelo PT em Feira de Santana pela terceira vez consecutiva, com o seguinte resultado: Rui Costa (PT) obteve 125.396 (47,11%), ficando em primeiro lugar; em segundo lugar aparece Paulo Souto (DEM) com 105.054 (39,46%), e na terceira posição aparece Lídice da Mata (PSB), com 27.376 (10,28%).

Deputados federais

Os dois principais candidatos a deputado federal apoiados por José Ronaldo, José Francisco Pinto (Zé Chico, DEM) e Colbert Martins da Silva Filho (PMDB) não conseguiram o número total de votos necessários.

Colbert Martins ficou na terceira suplência da coligação ‘Unidos por uma Bahia Melhor’, com 57.362 (0,86 %) votos. Em Feira de Santana, Martins repetiu a mesma votação de eleições passadas, obtendo 46.642 (17,54%), observa-se que em números absolutos foi o mais votado entre os candidatos a deputado federal e estadual no município.

Estreante na política, Zé Chico (DEM) surpreendeu com o significativo número de votos, foram computados 55.170 (0,83%) votos no estado, ficando na quinta suplência da coligação ‘Unidos por uma Bahia Melhor’. Em Feira de Santana obteve 32.905 (12,37%), sendo o quarto político mais votado no município dentre os candidatos a deputado federal e estadual.

Irmão Lázaro

A exceção da eleição para deputado federal, em Feira de Santana, coube a Antonio Lazaro Silva (Irmão Lázaro, PSC), soteropolitano de nascença e radiado em Feira de Santana, foi o terceiro deputado federal mais votado da Bahia, mas obteve apenas a sétima melhor votação entre os candidatos a deputado federal e estadual que disputaram voto no município de Feira de Santana, ficando atrás de Colbert Martins (PMDB), José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT), Carlos Geilson (PTN), José Francisco Pinto (Zé Chico, DEM), Fernando Torres (PSD), e Targino Machado (DEM).

Filiado ao Partido Social Cristão (PSC), Antonio Lázaro Silva (Irmão Lázaro) nasceu em 4 de novembro de 1966, em Salvador, e representa um destes fenômenos que ocorrem na política em função da visibilidade que tem por ocupar a profissão de cantor do segmento gospel. Sem militância histórica, ou trajetória ligada a grupos políticos, e detentor de formação educacional mediana, mas ligado à música gospel e ao protestantismo, Lázaro foi o terceiro deputado federal mais votado da Bahia, alcançando 161.438 (2,43%) votos, através da coligação ‘Unidos por uma Bahia Melhor’, formada pelos partidos DEM, PMDB, PSDB, PTN, SD, PROS, PRB e PSC. Em Feira de Santana, Lázaro obteve 25.965, o equivalente a 9,76% votos destinados a deputados federais.

Baixe o resultado das eleições de 2014 no município de Feira de Santana

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação de 1º turno para presidente em Feira de Santana

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para governador em Feira de Santana

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para senador da república em Feira de Santana

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para deputado federal em Feira de Santana

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para deputado estadual em Feira de Santana 

Baixe o resultado total das eleições de 2014 na Bahia para governador, senador deputado federal, deputado estadual, e no Brasil para presidente

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para deputado estadual

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para deputado federal

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para senador da república

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação para governador

Eleições 2014 – Bahia – Resultado final da votação de 1º turno para presidente

Eleições 2014 – Brasil – Resultado final da votação de 1º turno para presidente

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9615 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).