Oceanologista Mauro Maida faz alerta sobre atual situação da costa brasileira em seminário Lide Sustentabilidade

Vista aérea de Salvador. Poluição afeta costa soteropolitana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Salvador. Poluição afeta costa soteropolitana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Salvador. Poluição afeta costa soteropolitana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Salvador. Poluição afeta costa soteropolitana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Poluição na costa brasileira afeta vida das comunidades tradicionais.
Poluição na costa brasileira afeta vida das comunidades tradicionais.

O professor Mauro Maida, do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco, fez um alerta sobre os impactos da falta de conservação dos oceanos durante Seminário LIDE SUSTENTABILIDADE, realizado na noite desta quarta-feira (03/09/2014), em São Paulo.

“No Brasil, somente 0,05% dos oceanos são protegidos da exploração abusiva”, revela Maida, um dos mentores da criação da APA Costa dos Corais, no litoral de Pernambuco e Alagoas. Isso gera um grande impacto no ambiente marinho. O professor explica que o mar é um ecossistema complexo como um motor, onde a engrenagem é formada por milhares de microorganismos. Ao se tirar uma ou mais “peças” dessa engrenagem, o motor vai acabar apresentando defeito e parando. Por isso a importância de sua conservação.

A degradação dos corais ocorre por mudanças climáticas, impactos de origem terrestre, desenvolvimento urbano e sobrepesca. Maida afirma que é possível reverter a preocupante situação atual e deu como exemplo o trabalho realizado na praia de Tamandaré, a 100 quilômetros ao sul de Pernambuco. “Em 15 anos conseguimos recuperar essa área de corais. Estamos fazendo isso no Estado de Pernambuco e espero que consigamos estender este modelo para todo o Brasil”, diz.

Para Roberto Klabin, presidente do LIDE Sustentabilidade, este encontro é um alerta para uma série de problemas que vêm ocorrendo em nossas águas. “Sabemos que os oceanos têm uma grande conexão com a economia, sendo responsáveis por até 3 trilhões de dólares em alimentação, energia e turismo, mas pouco se tem feito para preservar esse imenso potencial natural. É uma situação complexa e a sociedade parece que está de costas para o mar.”

Klabin encerrou o evento com a leitura de um manifesto pela aprovação do Projeto de Lei 6.969/2013, que institui a política nacional para a conservação e o uso sustentável do bioma marinho brasileiro, demonstrando o apoio do LIDE à causa da conservação marinha.

O Seminário LIDE SUSTENTABILIDADE contou com importantes empresas para sua realização. O patrocínio foi da BRASKEM e TETRA PAK, com co-patrocínio da ENGEMON. Apoio institucional da SABESP e apoio do LIXO VERDE.  ECCAPLAN e CDN foram fornecedores oficiais. As rádios ELDORADO FM e ESTADÃO AM e FM, as revistas ELITE e LIDE e PR NEWSWIRE foram mídia partners.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116922 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.