MP pede 47 anos de prisão para doleira presa na Operação Lava Jato

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O Ministério Público Federal (MPF) pediu a condenação da doleira Nelma Kodama a 47 anos e 15 dias de prisão pelos crimes de evasão de divisas, corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Nelma é considerada pelo MPF líder do grupo criminoso que operava no mercado negro de câmbio, por meio de empresas fantasmas, para abastecer o esquema do doleiro Alberto Youssef, que também está preso.

Nas alegações finais apresentadas ontem (25/09/2014) ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, o Ministério Público defende que Nelma Kodama continue presa, por ter tentado corromper um delegado para ter acesso à investigação, e por ter planejado fugir às vésperas da deflagração da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em março.

“Nelma Kodama seria uma grande operadora do mercado de câmbio negro, envolvida na prática cotidiana de operações do tipo dólar cabo, com remessas e internações fraudulentas de numerário. A soma da movimentação financeira de suas empresas de fachada teria atingido, segundo comunicações do Conselho de Controle de Atividades Financeira, cerca de R$ 103 milhões de reais só entre 2012 e 2013”, afirma o MPF.

A partir de agora, os advogados da doleira terão seis dias para apresentar a defesa. Sem seguida, Sérgio Moro divulgará a sentença de Nelma Kodama.

*Com informações da Agência Brasil.

Leia +

MP pede 47 anos de prisão para doleira presa na Operação Lava Jato

Juiz homologa primeira delação premiada da Operação Lava Jato

Operação Lava Jato | Silêncio de Paulo Roberto Costa frustra CPI

Operação Lava Jato | Ministro Gilberto Carvalho diz que denúncias são “boataria” e têm caráter eleitoreiro

Operação Lava Jato | Presidenta Dilma Rousseff defende reforma política e apuração de denúncias envolvendo a Petrobras

Operação Lava Jato | “Organização criminosa atuava dentro da Petrobras”, afirma senador Aécio Neves

Revista Veja publica reportagem que revela um dos maiores casos de corrupção do país, envolvendo Petrobras, empresas privadas, partidos políticos, governadores, senadores e deputados

Operação Lava Jato | Relator espera votar até outubro processo contra deputado federal Luiz Argôlo

Operação Lava Jato | Contadora divulga aúdio em que advogado do deputado Luiz Argôlo oferece dinheiro por silêncio

Operação Lava Jato | Ex-contadora de Youssef nega chantagem contra deputado Luiz Argôlo

Operação Lava Jato | Empresário do sul da Bahia diz estranhar acusações contra deputado Luiz Argôlo

Operação Lava Jato | Deputado federal Luiz Argôlo nega denúncias em depoimento ao Conselho de Ética

Corrupção na República | Ex-contadora afirma que deputado federal Luiz Argôlo recebeu mais de R$ 1 milhão de Alberto Youssef

Conselho de Ética ouve testemunha de defesa do deputado federal Luiz Argôlo

Conselho de Ética aprova continuidade de processo contra deputado federal Luiz Argôlo

Conselho de Ética adia votação de parecer contra deputado baiano Luiz Argôlo

Câmara Federal inicia processo de cassação do mandato do deputado baiano Luiz Argôlo

Mesa Diretora aprova abertura de processo contra o deputado federal Luiz Argôlo no Conselho de Ética

Juiz Federal diz que investigações envolvendo o doleiro Alberto Youssef não indicavam a presença de políticos com foro especial

Lava Jato – Doleiro aceita acordo de delação premiada

Operação Lava Jato | Por que Paulo Roberto Costa decidiu abrir o jogo

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112925 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]