Governador Jaques Wagner inaugura sede da Agência de Fomento da Bahia

Nova sede da Desenbahia em Salvador.
Nova sede da Desenbahia em Salvador.
Nova sede da Desenbahia em Salvador.
Nova sede da Desenbahia em Salvador.
Governador Jaques Wagner durante inauguração da nova sede da Desenbahia.
Governador Jaques Wagner durante inauguração da nova sede da Desenbahia.

A nova sede da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), em Salvador, foi inaugurada pelo governador Jaques Wagner, na manhã desta segunda-feira (08/09/2014). Localizada na Rua Ivone Silveira, 213, Avenida Paralela (Doron), entre a Advocacia Geral da União e o Ministério Público Federal, o prédio conta com sistema de combate contra incêndio e rampa de acesso para portadores de necessidades especiais. “É uma tentativa de modernizar a estrutura do Estado. Estão saindo de um prédio antigo, que fica em um lugar que tinha muito engarrafamento, para um local moderno, localizado num trecho que vai oferecer mais conforto tanto para os clientes quanto para os funcionários”, destacou o governador.

Com 11 mil metros quadrados, o prédio tem três pavimentos de garagem e no térreo funciona a recepção, auditório e posto bancário. Cerca de 250 pessoas vão trabalhar no local, que teve um investimento de R$ 39 milhões, em recursos próprios. Além de área de convivência para os funcionários, localizada no terraço, a nova sede contará com um maior espaço para a Central de Relacionamento com o Cliente, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. No local, pessoas físicas e jurídicas terão acesso a informações sobre o financiamento de crédito, e a solicitação do mesmo.

“Nossa carteira de crédito aumentou bastante nesses oito anos de governo. Um exemplo é o microcrédito, que tem sempre um excelente papel no desenvolvimento da Bahia. O estado está mais aberto para o mundo dos negócios, toda a cadeia produtiva vem se expandindo, a exemplo da energia eólica e da área mineral. Estamos enveredando por ferramentas de gestão mais eficientes”, afirmou Jaques Wagner.

A agência de fomento, que já funciona no novo local desde o dia 11 de agosto, tem apresentado mudanças importantes para os clientes. “Mudou para melhor. Conheço a Desenbahia há 29 anos, desde quando era Desenbanco. Teve época que dávamos entrada com documentos na agência e levava seis, sete meses para sair o crédito. Hoje, sai em quinze dias. Tem viabilizado bastante a vida da gente”, garante Carlos Albérico, taxista e utilizador dos serviços de crédito.

Linhas de crédito

Fundada há 13 anos, a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia) já é considerada uma das maiores incentivadoras do setor produtivo do estado. A instituição oferece linhas de crédito para implantação, expansão e modernização de empreendimentos nos setores industrial, comercial, rural e de prestação de serviços, sem desprezar segmentos de inovação, turismo e cultura.

Para os microempreendedores individuais (MEI), a Desenbahia reserva o CredBahia, em parceria com o Sebrae, prefeituras municipais e a Secretaria Estadual de Trabalho, Renda e Emprego (Setre). Os financiamentos dos projetos aprovados podem chegar até R$ 15 mil. O valor vai depender da avaliação dos órgãos competentes, levando em conta a importância do projeto para o planejamento estratégico do Poder Executivo com vista ao desenvolvimento da Bahia.

O mesmo acontece com o CredRápido – financiamento voltado para pequenas empresas formalizadas. O crédito é o capital de giro para as microempresas, que podem contar com um importante diferencial no procedimento de solicitação das verbas, que, a depender do projeto, pode chegar a R$ 250 mil. Por meio da página da Desenbahia, na internet, o pequeno empresário pode preencher um formulário para efetuar o cadastro dos documentos da própria instituição e do proprietário.

Investimento fixo

As grandes corporações também contam com o apoio da Desenbahia. São diversas linhas de créditos voltadas para esse segmento empresarial. Conhecidas como linhas de investimento fixo, elas financiam ações dos mais variados setores da economia baiana. Não há um limite estabelecido para esses créditos. Cada projeto é analisado pela agência de fomento e, a depender de sua relevância, se define um valor.

Os principais setores que contam com o investimento fixo são o de serviços e o do agronegócio, fundamentais para a expansão econômica da Bahia. Outra área contemplada é a industrial. “A gente contribui com a malha produtiva, fomentando setores que são estratégicos para o Estado. Hoje, a Desenbahia conta com uma carteira global de R$ 1,5 bilhão de reais – uma carteira de crédito expressiva, que coloca a Agência de Fomento da Bahia como uma das maiores agências do Brasil. Ela está presente em todos os territórios de identidade”, afirma Vitor Lopes, economista e presidente da Desenbahia.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108644 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]