Demandas do Recôncavo baiano são apresentadas em “Conversa com o Ministério Público”

População participa de evento do MP no Recôncavo Baiano.
População participa de evento do MP no Recôncavo Baiano.
População participa de evento do MP no Recôncavo Baiano.
População participa de evento do MP no Recôncavo Baiano.

A corrupção, a poluição sonora, a violência, a situação dos Conselhos Tutelares, os maus tratos a animais, a precariedade dos serviços de saúde, as condições da educação pública, o envolvimento dos jovens com as drogas, a improbidade cometida por gestores e a realização de concursos públicos nos municípios foram algumas das preocupações apresentadas na manhã de hoje, dia 17, pela comunidade do Recôncavo baiano durante ‘Conversa com o Ministério Público’. A reunião pública aconteceu no auditório do Centro Territorial de Educação Profissional do Recôncavo (CETEP), em Santo Antônio de Jesus, com a participação do procurador-geral de Justiça Márcio Fahel. Segundo o chefe do MP, além de aprimorar a comunicação com a sociedade, o projeto visa promover uma melhor integração da administração institucional com as comunidades do interior do estado. “Queremos aprimorar a atuação do Ministério Público junto com a comunidade”, afirmou o PGJ na abertura da reunião.

Estudantes, professores, líderes comunitários, conselheiros tutelares, membros da sociedade civil e representantes de instituições públicas puderam conhecer, durante a reunião pública, um pouco mais sobre a atuação do Ministério Público e dialogar com o chefe da instituição as principais demandas da comunidade. A apresentação sobre o que é o Ministério Público, qual o seu papel e áreas de atuação foi feita pelo promotor de Justiça de Santo Antônio de Jesus, Julimar Barreto. Já o coordenador de Gestão Estratégica, promotor de Justiça Marcelo Guedes, apresentou os projetos estratégicos desenvolvidos pelo MP em cada área de atuação e pediu o apoio da comunidade. “A mudança de realidade deste país é responsabilidade de todos. Precisamos trabalhar em rede”, afirmou.

Após as apresentações sobre o MP, foi realizada a rodada de perguntas e respostas com o público presente, oportunidade em que os questionamentos da comunidade do Recôncavo baiano foram respondidos pelo procurador-geral de Justiça Márcio Fahel, com o apoio dos promotores de Justiça Marcelo Guedes, Valmiro Macêdo, Clodoaldo Anunciação e Julimar Barreto, além dos promotores de Justiça que atuam na região. O evento contou com a participação de diversas autoridades, dentre elas o juiz Givandro Cardoso; o vice-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Faustino Cunha; o presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), José Batista Júnior; e os prefeitos dos municípios de São Felipe, Francisco Ferreira, de Jaguaripe, Heráclito Arandas, e de Aratuípe, Sandra Lago. Pela tarde o PGJ, reuniu-se com os promotores de Justiça e servidores que atuam na Regional.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114872 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.