Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 03 de setembro de 2014

O professor de Fisica, o feirense Antonio Jorge Sena dos Anjos defendeu, na Universidade do Estado do Pará, a tese de doutorado.
O professor de Fisica, o feirense Antonio Jorge Sena dos Anjos defendeu, na Universidade do Estado do Pará, a tese de doutorado.
O professor de Fisica, o  feirense Antonio Jorge Sena dos Anjos defendeu, na Universidade do Estado do Pará, a tese de doutorado.
O professor de Fisica, o feirense Antonio Jorge Sena dos Anjos defendeu, na Universidade do Estado do Pará, a tese de doutorado.
A saudosa Vera  Santana Ottan e  Osvaldo Ottan.
A saudosa Vera Santana Ottan e Osvaldo Ottan.

“Dança”, de  Marcel Torres vence o Vozes da Terra

A canção “Dança” de Marcel Torres, foi premiada como a melhor música do Festival Metropolitano VBozes da Terra, na noite de domingo, 31. O público feirense compareceu na casa de eventos Prime Music para prestigiar a apresentação dos 12 finalistas. Além do grande vencedor, que faturou a quantia de R$ 7 mil, foram também premiados em segundo lugar a música “Identifique-se”, de Jefferson Aquenaton e em terceiro lugar “A desenvolução do primata”, defendida por Guymeo Jumonji, cada um levando R$ 4 mil e R$ 3 mil, respectivamente. O prêmio de melhor intérprete masculino ficou com Daniel Mota, que apresentou a canção “Azul”. Na categoria melhor intérprete feminina quem venceu foi Luana Reis com “Meus ponteiros”. Cada um conquistou o valor de R$ 1,5 mil. O total de prêmios ofertados foi de R$ 17 mil.

O evento foi realizado durante três dias. Os dois primeiros, na sexta-feira, 29, e sábado, 30, definiu os finalistas. As apresentações ocorreram no Centro de Cultura Amélio Amorim. Foram 24 candidatos que demonstraram todo o talento da música feirense. O Festival Vozes da Terra é uma realização da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Tavares Costa, que é presidido pelo professor Antônio Carlos Coelho.

Aula inaugural da Uefs

A Universidade Estadual de Feira de Santana  realizou, na manhã de segunda-feira, a aula inaugural do semestre letivo 2014.2, com palestra proferida pelo anistiado político e escritor Carlos Eugênio Paz, conhecido durante o regime militar como Combatente Clemente. Ele afirmou que um dos maiores absurdos da ditadura (1964-1985) foi o assassinato de adversários políticos, o que, segundo disse, teve desdobramentos negativos além do trauma dos crimes, inclusive para próprios membros do poder da época, impossibilitando debates e o crescimento político. Carlos Eugênio Paz também fez referência ao que chamou de política bem sucedida de dissensão lenta, gradual e bem sucedida do que foi a ditadura militar. A mesa de abertura do encontro foi presidida pelo magnifico reitor José Carlos Barreto. Na abertura dos trabalhos houve apresentação musical do Grupo de Câmara do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).

Tese de doutorado

O professor e pesquisador feirense Antonio Jorge Sena dos Anjos defendeu, na Universidade do Estado do Pará, a tese de doutorado com o tema: “O papel das equações matemáticas, aprendidas de modo significativo, nos processos de ensino e aprendizagem em Física: o caso da quantidade de movimento e sua conservação”. Este trabalho científico o credencia a obter o grau de Doutor pela Universidade de Burgos (Espanha), sob a direção da Doutora Concesa Caballero Sahelices e codireção do Doutor Marco Antonio Moreira. Por outro lado, o professor em apreço, apresentou um trabalho oriundo de sua tese, no 5º Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, denominado: “As equações matemáticas no ensino de Física: análise de livros didáticos de Física para o ensino médio e suas implicações na aprendizagem significativa dos conteúdos.” O professor Antonio Jorge é bacharel em Física e atua na Universidade Estadual de Feira de Santana, e na direção geral do Colégio Gênesis em Feira de Santana.

Escola Nota 10

A taxa de analfabetismo na população adulta brasileira ainda é muito elevada, o que impacta diretamente a qualidade de vida, empregabilidade e produtividade nacional. É por isso que a MRV Engenharia vem lutando contra o analfabetismo em suas obras. Em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), a construtora inaugura a  mais uma unidade da Escola Nota 10, desta vez em Feira de Santana, na sexta-feira (05/09), as 8h. O evento contará com a participação do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, e de varias autoridades municipais.

O lançamento da primeira sede do Programa MRV – Escola Nota 10 na cidade acontece no canteiro das obras do Parque Fonte das Águas, em Vila Subaé. Desenvolvido para atender até 40 alunos, o curso tem duração de seis meses, com aulas de português e matemática referente ao conteúdo da 1ª à 4ª série. Para facilitar o trabalho do professor e ambientar a sala de aula, o curso utiliza de ilustrações, como o banner abecedário, que foi desenvolvido utilizando imagens que fazem parte do cotidiano dos alunos e ajudam no processo de fixação do conteúdo.

Missa para Vera Ottan

Logo mais às 19 horas, na Igreja  Senhor dos Passos, acontecerá missa pelo trigésimo dia de falecimento da senhora Vera Santana Ottan, esposa do  empresário Osvaldo Ottan, que será celebrada  pelo arcebispo metropolitano de Feira de Santana, dom Itamar Vian.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Antonio José Larangeira 3214 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.