Câmara de Feira de Santana homenageia representantes e adeptos da cultura negra

Câmara de Feira de Santana homenageia representantes e adeptos da cultura negra.
Câmara de Feira de Santana homenageia representantes e adeptos da cultura negra.
Câmara de Feira de Santana homenageia representantes e adeptos da cultura negra.
Câmara de Feira de Santana homenageia representantes e adeptos da cultura negra.

A galeria e o plenário da Câmara Municipal ficaram lotados na noite da sexta-feira (19/09/2014), na sessão solene em comemoração ao Dia Municipal da Beleza Negra e ao Dia do Sacerdote e Sacerdotisa da Religião Matriz Africana.

O evento foi conduzido pelo vereador Welligton Andrade, que compôs a mesa juntamente com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Jailton Batista; a presidente do Núcleo Odungê, Maria de Lourdes Souza Santana; além dos palestrantes da sessão solene, o assistente social Marcos Moreira e Jailson dos Santos Conceição.

Também prestigiaram a solenidade os vereadores Correia Zezito e Tonhe Branco; profissionais de imprensa, representantes do movimento negro e pessoas da comunidade.

Abordando o tema “Brasil da abolição e da contemporaneidade”, o palestrante Marcos Moreira de Jesus fez um breve relato da história do negro, enfatizando o sofrimento deste  e  a ação de algumas pessoas para libertá-lo, a exemplo de  Castro Alves, que lutou para que os negros não mais tivessem as mãos acorrentadas. “Os negros foram libertados das correntes físicas, mas das correntes psicológicas e ideológicas até hoje eles estão acorrentados”, afirmou.

Marcos  falou ainda sobre a ausência de tolerância religiosa na sociedade.  “Seria muito bonito que cada um de nós abrisse mão de uma coisa desumana chamada intolerância de fé. Não sou obrigado a crê em Deus do modo que o outro crê nele. Quem quiser que adote o Deus de sua personalidade”, disse.

Na sequência, o palestrante Jailson dos Santos Conceição explanou sobre o o tema “Os valores do sacerdócio da religião de matrizes africanas”. Ele explicou que “a palavra sacerdócio vem do latim sacer, que significa ‘sagrado’ e dotis,  que  significa ‘dom’. Ou seja,  significa dom sagrado”.

Segundo Jailson, não cabe a qualquer pessoa ser um sacerdote. “Os sacerdotes são escolhidos pelos orixás, caboclos ou divindades, e faz-se necessária  uma preparação intensa para assumir a liderança. É preciso muito estudo e dedicação”, informou.

O palestrante acrescentou que os sacerdotes e sacerdotisas de Feira de Santana pensam em criar projetos que os aproximem da sociedade, para que as pessoas possam se informar sobre a cultura de matriz africana, “conhecer e respeitar a sabedoria que vem da ancestralidade”, ressaltou.

Durante a solenidade foram homenageados pela Câmara Municipal Maria das Graças Ferreira Santos, coordenadora regional da Federação Nacional do Culto Afro-brasileiro; Jailton Batista de Jesus; Luize Nunes Arapiraca; Mariene Pereira de Jesus; Hely dos Santos Pedreira; Jorge Ribeiro da Silva; Geovanny Ferreira da Silva; Poliana Nascimento; Anísia Maria da Silva; Luiz Antônio de Souza; Josué Silva Pereira; Jorge Luiz Bastos Magalhães; Luiz Vitoriano Tito Pereira; Galdino Oliveira Souza.

Também receberam homenagens da Casa da Cidadania Maria Cristina Silva Pinto; Vilma Moreira Soares Gonçalves; Gilcema Moreira Trindade; Vicen Ferreres Oliveira de Souza; Maria Penha Lima Silva; Marcos Antônio do Monte; Maria Cristina de Jesus Trindade; Alex Matos de Araújo; Mônica Batista de Jesus; José Raimundo da Paixão; Roberto Sena Trindade; Sheila Klicia da Conceição; Aristides Maltez Junior; Maria Vasconcelos de Araújo; Rosa Maria Carvalho dos Santos; Luiz Carlos de Lima; Wellington Araújo Oliveira; Rosilene Conceição de Jesus e Antônio Cesar Cerqueira.

A sessão solene foi encerrada com a apresentação do cantor e compositor Gilsan e da cantora Marriete, que tocaram e cantaram o hino da África do Sul e a música “Cobra Coral”, do Afoxé Pomba de Malê. Na área da frente da Câmara, se apresentou um grupo percussivo do projeto “Sai da rua menino”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111215 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]