Vítimas fatais envolvidas no acidente com Eduardo Campos tinham média de idade de 42 anos

Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos).
Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos).
Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos).
Carlos Percol, Marcelo Lyra e Alexandre Severo.
Carlos Percol, Marcelo Lyra e Alexandre Severo.

Além do candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos) (49 anos), outras seis pessoas morreram na queda do avião em Santos, no litoral de São Paulo, nesta quarta-feira (13/08/2014), entre elas estão os dois pilotos, um fotógrafo, um cinegrafista e dois assessores da campanha de Campos. A média de idade das vítimas era de 42 anos.

Conheça breve histórico das vítimas

Alexandre Severo Gomes da Silva, de 36 anos

Pernambucano, trabalhava na campanha de Eduardo Campos como fotógrafo. Graduado na Universidade Católica de Pernambuco, tinha doze anos de experiência na profissão. Antes de trabalhar para o presidenciável, trabalhou no Jornal do Commercio, de Pernambuco, de 2005 a 2011. Radicado em São Paulo, cursou fotografia na Faap entre 2012 e 2013.

Carlos Augusto Ramos Leal Filho, de 36 anos

Mais conhecido como Carlos Percol, era assessor de imprensa de Campos, com quem trabalhava desde 2006, ano em que o presidenciável foi eleito governador de Pernambuco. Em 2012, foi coordenador de comunicação da campanha de Geraldo Julio, que se elegeu prefeito de Recife com o apoio de Campos. Desde janeiro de 2013, exercia o cargo de secretário de imprensa da prefeitura da capital pernambucana.

Geraldo Magela Barbosa da Cunha, de 44 anos

Era o copiloto da aeronave e acumulava mais de 4.000 horas de voo, o que correspondia a vinte anos de experiência. Desde maio, transportava Campos nas viagens de campanha. Ele deixa a mulher, que está grávida de sete meses, e um filho de três anos.

Marcelo de Oliveira Lyra, de 37 anos

Morador de Recife, trabalhava como cinegrafista da campanha de Campos. Formado na Faculdade de Olinda, atuava há quatorze anos como fotógrafo profissional. Deixa a mulher e um filho recém-nascido.

Marcos Martins, de 42 anos

Era o piloto do avião. Antes de pilotar jatos particulares, trabalhou para a empresa aérea portuguesa TAP, acumulando quinze anos de experiência na profissão. Ele deixa uma mulher e dois filhos, um de sete anos e outro de dois.

Pedro Valadares Neto, de 49 anos

Conhecido como Pedrinho, era assessor de campanha de Campos. Nascido em Simão Simas, no interior de Sergipe, foi advogado e deputado federal em quatro mandatos. Ele era neto do ex-governador sergipano Antônio Carlos Valadares e estava filiado atualmente ao PV — antes, integrou os quadros do PFL, PP e PSB. Pedrinho deixa a mulher e três filhos.

*Com informações da revista Veja.

Leia +

Biografia de Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos)

Notas de pesar pelo falecimento de Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos)

O Brasil de luto. Morre Eduardo Campos um dos maiores líderes políticos da histórica contemporânea do país

Presidenta Dilma Rousseff declara luto oficial de três dias pela morte de Eduardo Campos

Políticos, intelectuais e empresários emitem nota de condolências pela morte de Eduardo Campos

Vítimas fatais envolvidas no acidente com Eduardo Campos tinham média de idade de 42 anos

Consternação nacional pela morte de Eduardo Campos é marcada por notas de pesar

Prefeito de Feira de Santana decreta luto oficial e diz que país perde um político “brilhante”

Eleições 2014 | Morte de Eduardo Campos muda corrida eleitoral, dizem analistas políticos

Entrevista concedida ao Jornal Nacional, em 12 de agosto de 2014

Eleições 2014 | Eduardo Campos é entrevistado no Jornal Nacional

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115101 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.