Pesquisa de mobilidade na Região Metropolitana de Feira de Santana está em fase de conclusão

Vista aérea de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

Pesquisadores, devidamente identificados, estão finalizando até o final do mês de agosto de 2014, pesquisa de mobilidade em Feira de Santana, Amélia Rodrigues, Conceição de Feira, Conceição do Jacuípe, São Gonçalo dos Campos e Tanquinho, cujo objetivo é o planejamento do transporte, ocupação e uso do solo da região

O Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura do Estado – Seinfra informa à população de Feira de Santana e dos municípios vizinhos de Amélia Rodrigues, Conceição de Feira, Conceição do Jacuípe, São Gonçalo dos Campos e Tanquinho sobre a presença, desde o mês passado, de pesquisadores  da Secretária na região. Ao apresentar-se, o pesquisador deverá se identificar, devidamente uniformizado, mostrando o crachá de identificação e a carteira de identidade. Em seguida, o pesquisador deverá explicar que está realizando uma pesquisa sobre transportes.

Nos últimos dias a Assessoria de Comunicação Social da Seinfra vem recebendo pedidos de informações sobre a presença dos pesquisadores na cidade. A pesquisa de origem e destino, comumente chamada de “Pesquisa de Mobilidade”, é um instrumento vital para o planejamento de transporte, e ordenamento do uso do solo, pois fornece dados para o conhecimento da natureza dos deslocamentos da população em um aglomerado urbano, incluindo aí, sua situação socioeconômica.

As perguntas são feitas através de formulários específicos da pesquisa, abrangendo situação socioeconômica, sociocultural e mobilidade do entrevistado, bem como aspectos relacionados à mobilidade em si, a exemplo da qualidade e tipo de transporte disponível utilizado pelas pessoas nos seus deslocamentos diários.

Conhecimento 

Segundo o diretor de Logística da Superintendência de Transportes da Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, Antônio Peixoto, que também é gestor do projeto de mobilidade, o objetivo principal é conhecer os deslocamentos da população diariamente para, com essas informações, organizar um banco de dados que servirá para estruturar os projetos de infraestrutura da Região Metropolitana de Feira de Santana na área de transportes, ocupação e uso do solo.

A pesquisa foi iniciada após o Carnaval e, segundo Antônio Peixoto, já está hoje  com 88% da amostra da população pesquisada, totalizando 4.400 domicílios. Segundo ele, o projeto prevê que pessoas de cinco mil domicílios serão entrevistados na região. A empresa de consultoria COMAP/SETEPLA deve concluir  o restante da pesquisa em no máximo um mês, totalizando 12% que corresponde a 600 domicílios, sendo 300 na cidade de Feira de Santana e os outros restantes nos demais municípios da região.

“Em Feira de Santana estamos fazendo uma pesquisa em dez postos localizados em pontos estratégicos para fazer um levantamento volumétrico do número de veículos que passam naquela via nos dois sentidos, em um determinado horário de pico. Desse modo iremos avaliar e balizar o trabalho da pesquisa”, explicou.

De acordo com o gestor do projeto de mobilidade, o trabalho está previsto para ser concluído em outubro deste ano. Ele informou que além da pesquisa de mobilidade, está previsto fazer durante o trabalho, os modelos de transporte fundamentais, para depois apresentá-los à região metropolitana e suas prefeituras. “Assim eles vão poder planejar com mais certeza a mobilidade da sua cidade”, destacou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109955 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]