Morre um dos ícones da construção civil do Brasil, Norberto Odebrecht

Norberto Odebrecht morre aos 93 anos e deixa como legado um conglomerado empresarial com atuação em 60 países.
Norberto Odebrecht morre aos 93 anos e deixa como legado um conglomerado empresarial com atuação em 60 países.
Norberto Odebrecht morre aos 93 anos e deixa como legado um conglomerado empresarial com atuação em 60 países.
Norberto Odebrecht morre aos 93 anos e deixa como legado um conglomerado empresarial com atuação em 60 países.

Morreu na noite deste sábado (19/07/2014), em Salvador, aos 93 anos, o empresário Norberto Odebrecht. Ele estava internado devido a problemas cardíacos, há dois dias no Hospital Cardio Pulmonar. O enterro é realizado neste domingo (20), às 11h, no Cemitério Campo Santo, no bairro da Federação, na capital baiana.

Norberto Odebrecht nasceu em Recife (PE) em 1920, filho de Emílio e Hertha Odebrecht. Foi levado a Salvador aos cinco anos, e com 15 começou a trabalhar na empresa do pai. Formado na Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, aos 24 anos, fundou Construtora Odebrecht. Com o passar dos anos, a empresa se tornou uma das potências econômicas do país, atuando com o nome Organização Odebrecht, com negócios em 60 países. Há 23 anos, passou a presidência do grupo ao filho Emílio Odebrecht e tornou-se presidente de honra, além de Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht e membro da Academia Nacional de Engenharia. Atualmente, o diretor-presidente da companhia é o neto Marcelo Odebrecht.

Governador Jaques Wagner lamenta morte de Norberto Odebrecht

O governador Jaques Wagner lamentou, em nota, a morte do empresário Norberto Odebrecht: “Os baianos se entristecem com a morte desse grande homem cujo espírito empreendedor foi enriquecido por uma ampla visão social. Em 70 anos, o Grupo Odebrecht, fundado por ele em Salvador, tornou-se um dos maiores do Brasil, participando de grandes projetos ao redor do mundo e empregando milhares de pessoas. Um dos grandes legados é a Fundação Odebrecht, surgida na década de 1960, que investe na educação de jovens e no desenvolvimento sustentável. Norberto sempre será um grande exemplo. Em meu nome e em nome de todos os baianos, minhas condolências aos familiares e amigos”.

Rui Costa lamenta falecimento de empresário

Através das redes sociais, o candidato ao governo da Bahia, Rui Costa (PT), da Coligação “Pra Bahia Mudar Mais”, lamentou o falecimento do empresário Norberto Odebrecht, “baiano ilustre, que muito contribuiu pelo desenvolvimento da Bahia e do Brasil”. Rui manifestou solidariedade aos familiares e amigos do empresário.

Paulo Souto lamenta morte de Norberto Odebrecht

O candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, lamentou o falecimento do empresário Norberto Odebrecht: “O Brasil perde um dos seus mais capazes empresários. Pernambucano de nascimento, mas baiano de coração e por escolha, Norberto Odebrecht, escreveu seu nome na história empresarial brasileira. Empreendedor nato, nunca se inibiu diante das dificuldades para realizar seus negócios. Ficam a saudade do amigo e meus sentimentos à família Odebrecht”, disse Paulo Souto, em Serrinha.

Prefeito ACM Neto lamenta a morte de Norberto Odebrecht

O prefeito ACM Neto lamentou a morte do empresário Norberto Odebrecht. “Ele (Norberto Odebrecht) foi um visionário ao construir uma das maiores empresas do mundo. Em todos os setores em que atuou, foi pioneiro, contribuindo para o desenvolvimento da Bahia e do Brasil, gerando milhares de empregos”, disse o prefeito ACM Neto.

O prefeito também ressaltou que, apesar de comandar uma das empresas mais sólidas de todo o Brasil, o empresário se orgulhava em morar na capital baiana e nunca quis sair do Estado, dando um exemplo de amor à Bahia.

“Transmito o meu pesar aos familiares e amigos do Dr. Norberto”, disse o prefeito, lembrando que o patriarca da família Odebrecht foi amigo do seu avô, Antonio Carlos Magalhães.

Odebrecht: O legado desse grande homem permanece para sempre, diz Pinheiro

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) lamentou o falecimento do empresário Norberto Odebrecht: “Parte um ‘construtor’ de ideias. Ideias estas que revolucionaram a forma de empreender e erguer estruturas, principalmente com a valorização das pessoas. Um incansável que mesmo do alto dos seus 90 anos não desistiu da lida e do seu compromisso de fazer brotar coisas novas, e do seu compromisso social de incluir pessoas. A matéria se foi, mas o legado desse grande homem permanece para sempre”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]