Eleições 2014 – Bahia: Justiça Eleitoral proíbe Prefeitura de Salvador de perseguir propaganda do PT

Administração de ACM Neto é condenada pela justiça eleitoral. Gestão de Neto apresenta traços despóticos.
Administração de ACM Neto é condenada pela justiça eleitoral. Gestão de Neto apresenta traços despóticos.
Administração de ACM Neto é condenada pela justiça eleitoral. Gestão de Neto apresenta traços despóticos.
Administração de ACM Neto é condenada pela justiça eleitoral. Gestão de Neto apresenta traços despóticos.

“Prevaleceu a liberdade. A Bahia não tem mais lugar para autoritarismo”. O comentário é do presidente do PT, Everaldo Anunciação referindo-se à decisão da justiça eleitoral assinada pelo juiz Salomão Viana que, através de liminar, determinou a proibição da prefeitura de Salvador de apreender, reter, retirar ou realizar qualquer ato que embarace, interdite, impeça e/ou obstaculize a realização, pela Coligação PRA BAHIA MUDAR MAIS, de propaganda eleitoral móvel em vias públicas, feita em cartazes, cavaletes e balões (blimps). Se a Prefeitura insistir nas apreensões, terá que pagar multa diária de R$ 10 mil.  A decisão liminar também determina que qualquer pessoa que descumprir a ordem judicial responderá civil, processual e criminalmente.

De acordo com Anunciação, a prefeitura de Salvador vinha, constantemente, agredindo o direito de propaganda eleitoral da coligação PRA BAHIA MUDAR MAIS. “Estávamos sofrendo uma verdadeira perseguição por causa do abuso de poder de poder do arcaico coronelismo que a Bahia não aceita e nem se submete, mas a lei continua protegendo a democracia e a sociedade deste tipo de violência”, concluiu o presidente do PT.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111198 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]