Universidade Estadual de Feira de Santana celebra 38 anos com reflexões do presente e desafios para o futuro

Reitor José Carlos Barreto durante celebra dos 38 anos da Uefs.
Reitor José Carlos Barreto durante celebra dos 38 anos da Uefs.

Reitor José Carlos Barreto durante celebra dos 38 anos da Uefs.
Reitor José Carlos Barreto durante celebra dos 38 anos da Uefs.

Com participação direta na transformação econômica, social e cultural da região do semiárido da Bahia, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) celebrou os 38 anos de fundação nesse sábado (31/05/2014), com a realização de atividades no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca). A professora doutora Maria Ângela Alves Nascimento proferiu palestra sobre o tema “Uefs, 38 anos de historia: revisitando o passado, vivendo o presente e desafiando o futuro”, pontuando fatos que marcaram a história da Instituição.

Integrante do grupo de fundadores do curso de Enfermagem, a professora Maria Ângela Nascimento lembrou a luta para a implantação da Uefs, autorizada pelo Decreto Federal número 77.496 de 27 de abril de 1976, e o empenho de educadores como o médico Edgard Santos, que planejaram a interiorização do ensino superior já na década de 1940, conforme relatou.

A professora fez referência à concepção do brasão da Uefs, creditado ao beneditino Paulo Lachenmayer e o seu lema, o termo em latim “sitientibus”, significa “aos que têm sede”, inclusive do saber.

Maria Ângela Nascimento também relatou a realização do primeiro vestibular, realizado em 1976, com pouco mais de 1.200 inscritos para 400 vagas distribuídos em oito cursos: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Enfermagem, Engenharia de Operações (Modalidade Construção Civil), Licenciatura de 1º e 2º graus em Letras – Francês e Inglês, Licenciatura Plena em Ciências (com habilitação em Matemática e Biologia e em Ciências 1º grau) e Licenciatura Plena em Estudos Sociais (com habilitação em Educação Moral e Cívica e em Estudos Sociais 1º grau).

Foram exibidas imagens históricas do campus universitário, como o lançamento da pedra fundamental do Módulo 1º e a sua inauguração, com a presença de personalidades das comunidades interna e externa que marcaram o trajeto da Instituição. Maria Nascimento afirmou estar emocionada, inclusive devido ao reencontro, durante a celebração, com professores, funcionários e ex-alunos.

O reitor José Carlos Barreto relatou que, como todas as ações da Uefs, as celebrações de aniversário têm se pautado na valorização das pessoas que se dedicaram, com compromisso, à construção da Universidade. Barreto também citou que esta celebração de aniversário foi a última da atual administração, já que em 2015 serão realizadas eleições para escolha, pela comunidade universitária, dos novos gestores.

Os presentes na celebração tiveram a oportunidade de assistir apresentações artísticas organizadas pelo Centro Universitário de Cultura e Arte, realizadas na Arena e no Teatro do Cuca, produzidas pelo artista Victor Venas. Houve aboio e exposição de canto por Ademário Queiroz e Kátia Lanto, entoação do Hino de Feira de Santana por Aiace Pedreira Félix, apresentação de acordeon por Gel Barbosa, de piano pelo maestro Alfredo Moura, além de espetáculo da Sociedade Cultural Orpheca Lyra Cecilena, do município de Cachoeira, com 30 membros.

A celebração contou, ainda, com a presença do vice-reitor da Uefs Genival Corrêa de Souza, de representantes dos três segmentos da comunidade universitária (estudantes, funcionários e professores) que fizeram uso da palavra, e de outros membros da administração, além de representantes da comunidade externa.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109691 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]