Salvador atrai turistas pelos cinco sentidos

Vista aérea da Arena Fonte Nova.
Vista aérea da Arena Fonte Nova.
Vista aérea da Arena Fonte Nova.
Vista aérea da Arena Fonte Nova.
Dicas de turismo em Salvador.
Dicas de turismo em Salvador.
Dicas de turismo em Salvador.
Dicas de turismo em Salvador.

Com sua rica história e uma forte tradição em receber turistas, Salvador – a primeira capital do Brasil – pode representar uma interessante experiência sensorial para os 700 mil turistas que deverão visitá-la por conta da Copa do Mundo. Para cada um dos cinco sentidos há alguma associação que remete diretamente à capital baiana.

A culinária é um exemplo forte da identidade baiana no paladar, com o sabor característico que o azeite de dendê dá a diversos pratos típicos. Muitos deles têm como origem receitas vindas da África.

É do acarajé, uma espécie de fast food baiano vendido nas ruas da cidade, que vem um dos principais cheiros da identidade baiana. Também compõem os cheiros da Bahia as águas de cheiro e as lavandas usadas pelas baianas, bem como os incensos presentes nos terreiros de candomblé e também nas 365 igrejas católicas da capital.

A influência da cultura negra está por todos os lados da cidade. Mais de 80% dos soteropolitanos são afrodescendentes, e sua influência se faz sentir também pelos ouvidos. A musicalidade faz parte da alma baiana presente nos ritmos e gêneros musicais; nos muitos festejos populares do Centro Histórico; nos terreiros e nas rodas de capoeira tão comuns nas ruas da cidade. A musicalidade dos baianos está expressa até no jeito melódico de falar, rico em variações tonais que, em uma mesma frase, intercalam constantemente notas graves e agudas.

Música na Bahia envolve também o sentido do tato, do contato entre as mãos e dos instrumentos percussivos. O resultado sonoro dessa relação resultou em uma das identidades mais marcantes da Bahia – as batidas e os ritmos que serviram de base para muitos dos músicos e dos grupos que a cidade apresentou ao Brasil e ao mundo. Entre eles, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa, Pepeu Gomes, Moraes Moreira, Margareth Menezes, o grupo Olodum e o maior expoente da família Caymmi: Dorival Caymmy, que tanto descreveu, em suas músicas, as belezas que a Bahia mostrava a seus olhos.

Não há como olhar para Salvador e não ver as belezas naturais de suas praias. Entretanto, há muito mais coisa para se conhecer. É possível ter uma aula de história ao observar a arquitetura barroca e as obras de arte que transformam as igrejas em verdadeiros museus.

Para facilitar os turistas que, motivados pela Copa do Mundo, visitarão Salvador e seus pontos turísticos, foram instaladas 549 placas – muitas delas bilíngues – em rodovias e em rotas de pedestres.

As unidades de Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) estarão em diversos pontos da cidade – em especial no aeroporto, na rodoviária e no Pelourinho – para ajudar os visitantes a obterem informações turísticas e de utilidade pública, bem como informações sobre opções de transporte, além de materiais informativos e promocionais sobre ações e serviços de órgãos da prefeitura de Salvador e do governo da Bahia.

Haverá também postos de informação no Elevador Lacerda, no Mercado Modelo e na Companhia das Docas do Estado da Bahia. Eles funcionam em horário comercial e têm funcionários e estagiários capacitados para atender em três idiomas: inglês, espanhol e francês.

Já o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) vai oferecer, em parceria com consulados, orientações sobre procedimentos após a perda de documentos e emissão, se possível, de nova documentação para os turistas.

Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115173 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.