Eleições 2014: pesquisa Ibope/CNI aponta liderança de Dilma Rousseff para Presidência da República com 39% das intenções de voto

Dilma Rousseff consolida liderança com 39% das intenções de voto para Presidência da República.
Dilma Rousseff consolida liderança com 39% das intenções de voto para Presidência da República.
Dilma Rousseff consolida liderança com 39% das intenções de voto para Presidência da República.
Dilma Rousseff consolida liderança com 39% das intenções de voto para Presidência da República.

O IBOPE Inteligência realizou, entre os dias 13 e 15 de junho de 2014, a pedido da Confederação Nacional da Indústria, uma pesquisa junto aos eleitores brasileiros sobre as eleições presidenciais que ocorrerão em outubro deste ano.

Neste momento em que ainda não existe definição oficial sobre as candidaturas, o IBOPE Inteligência testou um cenário estimulado incluindo o nome de 11 pré-candidatos. Nesta situação, a atual presidente Dilma Rousseff (PT) aparece distante dos demais pré-candidatos com 39% das intenções de voto. Num segundo patamar, Aécio Neves (PSDB) tem 21% das menções, seguido por Eduardo Campos (PSB) com 10%. Já Pastor Everaldo (PSC) é mencionado por 3% dos entrevistados, Magno Malta (PR) recebe 2% das intenções de voto e José Maria (PSTU) aparece com 1%. Brancos e nulos somam 13%, enquanto 8% se dizem indecisos ou preferem não opinar. Os nomes de Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Randolfe Rodrigues (PSOL) também constavam no disco apresentado aos entrevistados mas as menções a cada um desses pré-candidatos não alcançam 1%, porém juntos somam 3%.

Pergunta: E se os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para Presidente da República? (%)

Obs: Outros com menos de 1% = Também constavam no disco apresentado ao entrevistado os seguintes nomes, que não obtiveram menções suficientes para alcançar 1%: Eymael, Levy Fidélix, Mauro Iasi, Randolfe Rodrigues e Eduardo Jorge.

O IBOPE Inteligência também perguntou em quem os entrevistados votariam para Presidente da República sem a apresentação dos nomes dos possíveis candidatos (pergunta espontânea). Neste contexto, Dilma permanece na liderança com 25% das intenções de voto. Num patamar abaixo aparecem Aécio Neves e Eduardo Campos com 11% e 4% das menções, respectivamente. O ex-presidente Lula (PT) tem 3% das intenções de voto, enquanto Marina Silva (PSB) e Pastor Everaldo são citados por 1% dos eleitores, cada um. Os demais nomes mencionados não atingem 1%. Já os votos declarados como branco ou nulo chegam a quase 1/5 das menções (16%) e os indecisos somam 37%.

Segundo turno. Em uma eventual disputa entre Dilma e Aécio Neves, a presidente tem 43% das intenções de voto contra 30% do senador mineiro. Já na simulação com ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, Dilma também leva vantagem, com 43% das menções ante 27% do pessebista.

Potencial de voto e rejeição. Em relação à Dilma, Aécio e Eduardo Campos, o IBOPE Inteligência perguntou ainda aos eleitores se com certeza votariam, se poderiam votar ou se não votariam de jeito nenhum para presidente da República em cada um desses pré-candidatos. Nesse contexto, 51% afirmam que com certeza votariam/ poderiam votar em Dilma Rousseff, contra 43% que não votariam nela de jeito nenhum. Os que declaram que com certeza votariam/ poderiam votar em Aécio Neves somam 41%, enquanto 32% dos eleitores não votariam neste candidato de jeito nenhum e 26% dizem não conhecê-lo o suficiente para opinar. Quanto a Eduardo Campos, 35% afirmam que com certeza votariam/ poderiam votar no candidato, preterido por outros 33%, ao passo que os que dizem não conhecê-lo o suficiente para opinar nessa questão somam 32%.

Avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff. O governo da presidente Dilma é considerado regular por 34% dos brasileiros, enquanto 33% avaliam a gestão da petista como ruim ou péssima e 31% a consideram ótima ou boa.

Metade dos eleitores desaprovam a atual gestão de Dilma (50%), em oposição aos 44% que a aprovam. E no que se refere à confiança na Presidente Dilma Rousseff, 52% dos eleitores declaram não confiar nela, contra 41% que afirmam o contrário.

O levantamento também investigou a opinião dos eleitores em relação ao governo de Dilma quando comparado ao governo do ex-presidente Lula. Nesse contexto, 45% afirmam que a gestão da atual Presidente está sendo pior, 44% afirmam que está igual à de seu antecessor e apenas 9% declaram que o governo de Dilma é melhor do que o de Lula.

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA (JOB Nº 2084 | 2013):

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 15 de junho de 2014.

Tamanho da amostra: foram entrevistados 2002 eleitores.

Margem de erro: é de 2 pontos percentuais, considerando um nível de confiança de 95%.

Solicitante: pesquisa contratada pela CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI).

Registro eleitoral: registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo Nº BR-00171/2014.

*Com informações do Ibope e da Agência Brasil.

Com informações da Agência Brasil.

Baixe a pesquisa

Ibope – Pesquisa de opinião pública sobre assuntos políticos e administrativos – junho de 2014

Aprovação do governo Rousseff cai de 36% para 31%, aponta pesquisa CNI-Ibope

Leia  +

Eleições 2014 | Pesquisa Ibope/CNI aponta liderança de Dilma Rousseff para Presidência da República com 39% das intenções de voto

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120472 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.