Eleições 2014 – Amapá: senador José Sarney desiste de candidatura à reeleição

Após 59 anos de carreira política, José Sarney anuncia que não vai concorrer à reeleição ao Senado.
Após 59 anos de carreira política, José Sarney anuncia que não vai concorrer à reeleição ao Senado.
Após 59 anos de carreira política, José Sarney anuncia que não vai concorrer à reeleição ao Senado.
Após 59 anos de carreira política, José Sarney anuncia que não vai concorrer à reeleição ao Senado.

A decisão do senador José Sarney (PMDB-AP) de não se candidatar à reeleição ao Senado foi comunicada por ele ontem (24/06/2014) ao presidente nacional de seu partido, o também senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Segundo Raupp, Sarney explicou que ele e a mulher, Marly, têm passado por vários problemas de saúde que requerem mais atenção.

“Eu conversei com ele hoje pela manhã e ele me disse que já cumpriu a missão dele na política, pelo menos por enquanto. Falou da questão da saúde da família, da dona Marly, dele inclusive, que tem tido muitas dificuldades de saúde nos últimos tempos. Então ele está abrindo mão de disputar a candidatura ao Senado pelo estado do Amapá e o Gilvam Borges deve sair no lugar dele”, disse o presidente do PMDB.

Segundo Raupp, todos no partido estão “tristes” com a decisão de Sarney, mas acreditam que ele continuará atuando como “conselheiro” e trabalhando pelas alianças eleitorais. Sobre os boatos de que a decisão foi motivada pelo receio de derrota, Raupp disse que pesquisas feitas pelo PMDB demonstram o contrário. “Nós fizemos uma pesquisa no ano passado que apontava que ele tinha 53% [de aprovação]. Ele também aparecia em primeiro lugar como o responsável pelos grandes investimentos do governo federal no Amapá. Sinceramente, se ele fosse para a campanha, acho que ele conseguiria vencer a eleição, sim. Para quem já está consolidado, quanto mais candidatos saírem melhor”, disse.

Aliados de Sarney evitaram comentar a saída dele da vida pública, entre eles o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não quis falar sobre o assunto com a imprensa hoje. Outros, entretanto, disseram esperar que ele reveja a decisão. “Se for real, eu espero que essa decisão possa ser revista”, disse o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho.

Ele lembrou que Sarney usou sua influência política a favor dos governos petistas e lamentou o anúncio da saída. “Aprendi a conviver com ele e aprendi a entender a importância dele para o governo, especialmente, e para o país como um todo. Para o governo a importância dele é inestimável, ele esteve ao lado da presidenta Dilma [Rousseff] nos momentos mais duros”, disse Carvalho, que se reuniu com Renan Calheiros na tarde de hoje.

Colega de partido de Sarney, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) disse que ele já vinha há muito tempo comentando com os mais próximos sobre a intenção de se aposentar. Na opinião dele, a decisão ainda pode ser revista, mas é preciso respeitá-la diante dos problemas de saúde que a esposa de Sarney tem apresentado e da idade do ex-presidente da República, que tem 84 anos. “O Sarney é um homem público que marcou a história da política brasileira. Com a sua idade, mas do alto de sua experiência política, ele é de uma lucidez. Ele ainda pode oferecer ao PMDB e ao país muito trabalho”, disse.

José Sarney foi o primeiro presidente da República civil após o regime militar. Ele assumiu o cargo na condição de vice após a morte de Tancredo Neves, em 1985. O senador é considerado pelos aliados como peça fundamental na redemocratização do país, mas também criticado pela má condução da economia durante seu governo e pelo fraco desempenho na área social. Foi presidente do Senado quatro vezes e tem 59 anos de vida pública.

*Com informações da Agência Brasil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108783 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]