Conselho de Ética aprova continuidade de processo contra deputado federal Luiz Argôlo

Conselho de Ética aprova continuidade de processo contra Luiz Argôlo.
Conselho de Ética aprova continuidade de processo contra Luiz Argôlo.

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar aprovou há pouco o parecer preliminar do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), que propôs abertura de processo para investigar as denúncias de quebra de decoro parlamentar pelo deputado Luiz Argôlo (SD-BA). Ele é acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal, que investiga lavagem de dinheiro.

O advogado do parlamentar, Aluísio Reges, informou que Argôlo, que se afastou por 15 dias do mandato por meio de licença médica, veio a Brasília nesta terça-feira para ser citado pelo Conselho, o que foi feito.

O parecer foi apresentado com relação a representação do Psol. O deputado já responde a processo apresentado pela Mesa Diretora, que deu parecer pela cassação do mandato. No caso do processo da Mesa, não é necessário o parecer preliminar. As duas representações foram apensadas, mas cada uma delas obedece ao seu próprio ritmo. Portanto, o deputado deverá também ser notificado sobre a decisão do Plenário.

Como Argolo foi notificado pela representação da Mesa, o prazo de 10 dias para apresentação da defesa começa a correr amanhã e termina dia 17 de junho.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114872 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.