Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 06 de Junho de 2014

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Pára-quedismo: colunistas e boca livres

A semana que passou foi das mais concorridas em atividades sociais. Foram aniversários, enlaces matrimoniais, entrega de honrarias, posse de instituições, recepções e até vernissage. Este movimento social se constituiu em grandes chances para diversas figuras da cidade que estão presentes em todas e que não são convidados e vão com aqueles que recebem convites. Estas figurinhas carimbadas, estão se impondo como presenças obrigatórias dos eventos e são os primeiros a saírem nas fotos, graças as oportunidades dadas pelo Facebook através de novos “blogueiros” ou “colunistas” que como verdadeiros pára-quedistas, hoje, já fazem parte da mídia. O pára-quedismo está entre os “convidados” e os que se já arvoram como donos da caneta ou aliás do teclado na internet.

Uma justa homenagem

Este ano a Câmara Municipal de Feira de Santana , fez uma grande justiça ao outorgar o Título de Cidadão Feirense ao industrial Inocêncio Chaves Costa, fundador e presidente da METAF, indústria de estrutura metálicas e pré-moldados,instalada no Centro Industrial do Subaé, que gera cerca 400 empregos diretos e quase 2.000 indiretos, contribuindo para o desenvolvimento de Feira de Santana nas áreas do comercio e da industria. Figura honesta, honrada, empreendedora e de respeito na cidade. O acontecimento foi bastante prestigiado como a presença do presidente da Federação das Industrias do Estado da Bahia Carlos Gilberto Cavalcanti Farias e teve o reconhecimento do prefeito José Ronaldo de Carvalho, que foi abraçar o homenageado. O empresário Inocêncio Chaves recebeu a láurea ao lado de sua esposa, a senhora Maria de Fátima Coelho Costa. Não precisa dizer que o plenário esteve superlotado.

Mostra 38

A Biblioteca Central Julieta Carteado expõe fotografias históricas e atuais dos 38 anos da Universidade Estadual de Feira de Santana . A exposição integra a programação da atividade cultural Biblioteca, Café & Arte, que foi aberta ontem e se prolongará até sábado,7. A exposição “Uefs 38 anos – Construindo Saberes, em comemoração ao aniversário da universidade” está mostrando ao público fotografias produzidas desde a década de 1970, como a do lançamento da pedra fundamental e da inauguração do módulo 1º do campus universitário.

Literatura e culturas

Cada vez mais, o trabalho em literaturas e culturas aproxima pesquisadores de diferentes continentes, nos quais a vontade de confrontar saberes, estudos e produções torna-se mais ardorosa. Movido por esse leitmotiv, o professor doutor Humberto Luiz Lima de Oliveira, do Departamento de Letras da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), está implementando a Coleção Literaturas e Culturas Afro-Americanas (Littératures et cultures afro-américaines), em língua francesa em parceria com os colegas estrangeiros, a professora doutora Marie-Rose Abomo-Maurin (Université deYaoundé1,Camarões/França) e professor doutor Maurice Amuri Mpala Lutebele (Université de Lubumbashi-República). Sob o selo da prestigiosa editora francesa L’ Harmattan, o primeiro livro será uma coletânea de poemas de Marie-Rose Abomo-Maurin, com lançamento previsto para o segundo semestre de 2014. Logo após, será a vez de uma coletânea de ensaios com o tema “Terras de Exílios, terras de acolhida: identidades” que foi objeto do seminário realizado na Uefs em junho de 2013.

Ministério Público e a Câmara

A Câmara Municipal de Feira de Santana recebeu notificação do Ministério Público em que o denunciante pede providência legal do órgão, para o que aponta como absurdo a ser cometido pela Casa. Conforme o texto da notificação lida pelo presidente Justiniano França (DEM), na sessão desta quarta-feira (4), com a lei de reforma, os cargos de confiança ocupados por efetivos agora podem ser indicados para “protegidos da gestão”. A notificação exemplifica “o cargo de diretor que era ocupado por funcionário do quadro e passou a ser de indicação política”, com salário alterado de R$ 3 mil para R$ 5 mil e é o único do alto escalão que não exige nível superior. Ainda de acordo com o denunciante, salários de cargos de chefia que eram de pouco mais que R$ 900 subiu para R$ 3.800 e os de encarregados dos setores, em torno de R$ 600 subiu para mais de R$ 700. Além disso, o denunciante alega os padrinhos recebem “gratificação alta ou outros penduricários”, que há tentativas de forçar efetivos a pedir aposentadoria contra vontade, e que “a lei de transparência não está sendo cumprida com a publicação dos vencimentos dos funcionários e assessores”. Justiniano acredita que as acusações partiram da Câmara e negou parte delas. O negócio na Câmara Municipal é serio.

Milesio Vargas

Completou quarta feira idade nova, o médico Milésio Ledoux Vargas, um dos profissionais da medicina de maior respeito em Feira de Santana e uma das grandes reservas morais. Pertence à tradicional classe médica do passado que ainda abriga Silvio Marques, Carlos Alberto Kruschewsky e Leoni Leda entre outros.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Antonio José Larangeira 3138 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]