Bahia – Eleições 2014: PT rebate DEM, diz que convenção foi totalmente legal e que prefeitura de Salvador agiu arbitrariamente

Convenção estadual homologou o nome de Rui Costa como candidato. PT acusa prefeitura de Salvador de agir arbitrariamente.
Convenção estadual homologou o nome de Rui Costa como candidato. PT acusa prefeitura de Salvador de agir arbitrariamente.
Convenção estadual homologou o nome de Rui Costa como candidato. PT acusa prefeitura de Salvador de agir arbitrariamente.
Convenção estadual homologou o nome de Rui Costa como candidato. PT acusa prefeitura de Salvador de agir arbitrariamente.

O deputado Federal Nelson Pelegrino (PT/BA) rebateu as críticas do Democratas com relação a legalidade da Convenção estadual da coligação que indicou Rui Costa como candidato ao governo da Bahia, dizendo que “ilegalidade é o que fez a Prefeitura de Salvador, que mandou a Sucom-PMS atuar sem qualquer ordem por escrito, arbitrariamente, alegando uma “determinação verbal dos superiores”, e retirar o material de propaganda colocado na entrada do Parque de Exposições, para a Convenção do PT. O resto é o receio de quem só conseguiu fazer uma convenção fraca, com alegados 2 mil participantes, num lugar que mal dá para 1.500 pessoas. Fizemos a convenção da virada, com pelo menos 20 mil pessoas, numa festa linda, a maior da Bahia, que vai marcar a caminhada de Rui para a vitória”.

Segundo Pelegrino, a atitude da Sucom foi presenciada por diversos participantes da convenção, que mostraram indignação protestando contra a ordem autoritária e claramente política da Prefeitura de Salvador.

Pellegrino explica que a lei eleitoral permite a propaganda para as convenções desde os quinze dias que antecedem o evento, inclusive no dia, independente de licença municipal. “O que eles fizeram foi usar a máquina municipal para impedir uma propaganda que é lícita, inexiste qualquer infringência à Lei Eleitoral”, garante o deputado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110959 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]