Vereador denuncia corte salarial de servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana. Confira debates da CMFS

Pablo Roberto diz que Denise Mascarenhas está agindo de forma “arbitrária”, por penalizar todos os funcionários e não apurar os verdadeiros culpados.
Pablo Roberto diz que Denise Mascarenhas está agindo de forma “arbitrária”, por penalizar todos os funcionários e não apurar os verdadeiros culpados.
Pablo Roberto diz que Denise Mascarenhas está agindo de forma “arbitrária”, por penalizar todos os funcionários e não apurar os verdadeiros culpados.
Pablo Roberto diz que Denise Mascarenhas está agindo de forma “arbitrária”, por penalizar todos os funcionários e não apurar os verdadeiros culpados.

Pablo denuncia corte salarial de servidores da Secretaria Municipal de Saúde 

Em discurso na sessão ordinária da Casa da Cidadania desta segunda-feira (12/05/2014), o vereador Pablo Roberto (PT) denunciou o desconto na folha de pagamentos dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde pelo desaparecimento “inexplicado” de medicamentos. Segundo o edil, a secretária da pasta, Denise Mascarenhas, está agindo de forma “arbitrária”, por penalizar todos os funcionários e não apurar os verdadeiros culpados.

O vereador relatou que Denise Mascarenhas fez uma reunião com os servidores da pasta e informou que todos terão uma quantia descontada de seus provimentos, por conta dos medicamentos retirados, de forma irregular, das farmácias.

“Penso que a secretária não pode tratar esse assunto com descaso. Conversei com uma enfermeira e ela me comunicou que a secretária fez uma reunião com os servidores e apenas informou que terão descontos em seus provimentos, sem maiores explicações e sem saber se eles estão de acordo com a decisão”, disse Pablo.

Em sua opinião, Denise Mascarenhas não pode continuar tratando a Secretaria de Saúde como uma caixa preta. “É preciso que os fatos sejam esclarecidos e a sociedade tenha uma resposta em relação ao ocorrido. A Secretaria tem pessoas responsáveis pelas farmácias, então tem como saber como esses medicamentos sumiram das prateleiras. O que ela não pode fazer é sair por ai descontando e culpando todos os servidores pelos erros de alguns”.

O petista solicitou de Denise Mascarenhas esclarecimentos. “Espero que a secretária encaminhe à esta Casa uma resposta para o que está acontecendo dentro da Secretaria de Saúde”, cobrou.

O líder do governo na Câmara, Carlito do Peixe (DEM), disse que só sabe apenas sobre o desaparecimento dos medicamentos. Ele afirmou que não chegou ao seu conhecimento informações a despeito da reunião realizada pela secretária de Saúde, bem como o desconto na folha de pagamentos dos servidores. “Vou me informar sobre essas acusações e até amanhã trarei uma resposta para Vossa Excelência”, garantiu o democrata.

Leia +

Vereador feirense Pablo Roberto diz que saúde é caixa preta e que Denise Mascarenhas atua sem profissionalismo tratando órgão como se fosse cômodo da própria casa

Secretária de Saúde de Feira de Santana contesta vereador e cobra provas da denúncia

Vereador denuncia corte salarial de servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana. Confira debates da CMFS

Welligton tece duras críticas ao Hospital São Matheus 

Em discurso na Câmara Municipal nesta segunda-feira (12), o vereador Welligton Andrade (PTN) criticou o atendimento do Hospital São Matheus, afirmando que a unidade de saúde presta um mau serviço à população de Feira de Santana.

O edil relatou um caso de um parente dele, que foi internado no Hospital São Matheus com suspeita de dengue hemorrágica. Apesar da gravidade, segundo Welligton, o paciente foi medicado, durante seis dias, com soro simples e remédio para enjôo.

Ele disse que os profissionais de saúde não tiveram o cuidado de buscar exames e diagnósticos mais aprofundados. Em sua opinião, o Hospital São Matheus não atende com respeito às pessoas que dele necessita, o que põe em risco a vida dos pacientes.

O vereador também reclamou da dificuldade de transferência de paciente, salientando que no final de semana o hospital mencionado diminui o quadro, não dispondo de enfermeiros e assistentes sociais necessários para o protocolo de transferência.

“Não adianta investir em fachada, em estrutura, se não prestam atendimento de qualidade”, disse Welligton, afirmando que o Hospital São Matheus presta um desserviço para a sociedade feirense.

Vereador afirma que enfermeiros são mal representados 

Na manhã desta segunda-feira (12) – Dia Mundial do Enfermeiro -, o vereador José Carneiro (PSL) usou a tribuna da Casa Legislativa para parabenizar a classe e tecer criticas sobre as condições de trabalho desses profissionais de saúde em Feira de Santana.

O vereador atribui o excesso de carga horária e os “salários mixurucas” à ausência de movimentos liderados por sindicatos. “A classe dos enfermeiros é muito mal representada pelos sindicatos. Além de uma carga horária de 8 h por dia, seus salários não chegam a dois salários mínimos”, lamenta José Carneiro.

Na oportunidade, ele citou a existência de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que defende uma jornada de trabalho de 30 horas semanais para o enfermeiro, que segundo o vereador, está arquivada há alguns anos.

De acordo com o edil, o conhecimento da Enfermagem provém de uma visão ampla e abrangente sobre saúde, transcendente às praticas médico- hospitalares e, por esse motivo, o enfermeiro precisa ser reconhecido e valorizado. “Parabenizo neste dia todos os enfermeiros de Feira de Santana, da Bahia e do Brasil”.

David Neto declara apoio a Ronny para presidente da Câmara 

O vereador David Neto (PTN), em discurso na tribuna da Casa da Cidadania, no grande expediente, desta segunda-feira (12), declarou apoio ao candidato Reinaldo Miranda – Ronny para a próxima eleição da Presidência do Legislativo feirense, por acreditar que o edil do PSDB fará a diferença na Câmara.

“Se Ronny não fosse candidato, eu seria, porque esta Casa precisa melhorar, mudar algumas coisas. Eu acredito que Ronny fará a diferença. Aqui há muito tempo venho pedindo melhorias para os gabinetes e o trabalho dos vereadores. Tem vereador aqui que ainda está pagando prestação de carro. Os vereadores precisam de um carro para trabalhar”, disse David.

Enfermeiros

Mudando de foco David Neto criticou o baixo salário pago aos enfermeiros de Feira de Santana e a falta de água em bairros da cidade durante o final de semana. “No Dia do Enfermeiro, peço que esses profissionais sejam melhor remunerados, porque os enfermeiros de Feira de Santana não ganham o que merecem. Um salário de R$ 1.300 é muito pouco. Eles deveriam ter um salário justo para a profissão que exercem”.

Em relação à falta de água, o edil pediu mais atenção da Embasa. “No sábado, os moradores do bairro Santo Antônio dos Prazeres não tinham água nem para tomar banho. Peço a Embasa que tenha mais respeito e dê atenção à população feirense”, cobrou David.

Gerusa parabeniza nadadora feirense por conquista de recorde baiano 

A vice-líder governista na Câmara, Gerusa Sampaio (PROS), ocupou a tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta segunda-feira (12), para elogiar o desempenho da atleta feirense, Sílvia Azevedo, numa competição de natação importante, ocorrida recentemente em Salvador.

A edil parabenizou a força de vontade da nadadora, que conquistou medalhas e ainda conseguiu um recorde baiano, superando situações adversas, como falta de recursos e incentivos. “A natação baiana pede socorro”, afirmou Gerusa, ressaltando que o estado da Bahia não tem sequer uma piscina olímpica.

Ela ressaltou a importância do esporte para a formação da cidadania, cobrou mais ações do poder público e aproveitou o ensejo para parabenizar os empresários da Doc Sports, da Metor’s e do Colégio Visão pelo apoio dado à Sílvia Azevedo.

Osmar Leite Lopes

Na oportunidade, a vereadora lamentou o falecimento de Osmar Leite Lopes, que trabalhava na Mariana Esporte, há mais de 20 anos. De acordo com Gerusa, ele prestou relevantes serviços ao município, na área do esporte. A edil solicitou aos seus pares e ao público presente um minuto de silêncio.

Vereador volta a criticar operadora Claro 

Em discurso na tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta segunda-feira (12), o vereador Robeci da Vassoura (PHS) voltou a reclamar do problema no sinal da operadora de telefonia Claro, que, segundo ele, tem causado inúmeros transtornos aos consumidores.

O edil relatou que os usuários têm dificuldade para ligar, receber chamadas e enviar mensagens, devido a falhas no sinal. Robeci afirmou que, na semana passada, por exemplo, foi vítima de uma pane ocorrida na rede da Claro. “Precisei fazer uma ligação urgente e não consegui”, queixou-se. Para o vereador, a má prestação de serviço da operadora precisa ser denunciada ao Ministério Publico.

A Claro é uma operadora de telefonia móvel que foi criada no Brasil, resultado da união de seis operadoras regionais: Americel, ATL, BCP Nordeste, BCP SP, Claro Digital e Tess. A empresa também oferece serviços de telefonia fixa, internet, internet 3G, 4G e TV.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109816 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]