Termina sem acordo mediação entre rodoviários e empresários de Salvador

Ministério Público do Trabalho (MPT).
Ministério Público do Trabalho (MPT).

Terminou sem avanços a mediação proposta conjuntamente entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) para buscar um acordo entre tranalhadores e empresários do setor de transportes urbanos de Salvador. A pauta de reivindicações da categoria prevê reajuste de 15% dos salários entre outras garantias, mas os donos de empresas não apresentaram qualquer contraproposta, se limitando a tentar discutir a redução da jornada de trabalho.

Os mediadores encerraram a mediação, que teve três reuniões, iniciadas na semana no último dia 8, por falta de bases para negociar, já que não há contraproposta patronal. As três reuniões de mediação foram realizadas na sede da  Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-BA), na Av. Sete de Setembro, 698.

“Esperamos que as partes se reúnam internamente e construam propostas para que essas sejam trazidas para a mesa de negociação. Afinal, só podemos negociar com base em propostas”, avaliou o procurador-chefe do MPT na Bahia, Alberto Balazeiro, que conduziu o processo de mediação ao lado da superintendente regional do Trabalho e Emprego, Isa Simões. Ambos acreditam que ainda é possível chegar a um acordo, mas aguardarão um pedido de patrões e empregados para reabrir a mediação.

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Estado da Bahia (Sintroba), o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Salvador (Setps) e a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário do Estado da Bahia (Abentro) vêm debatendo a convenção coletiva da categoria , que tem data-base em 1º de maio, mas não há avanços nas negociações desde o início do processo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115152 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.