TCM representa ex-prefeito de Coração de Maria ao MP por irregularidades na área da Educação

O Tribunal de Contas dos Municípios multou em R$ 10 mil o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins.
O Tribunal de Contas dos Municípios multou em R$ 10 mil o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins.
O Tribunal de Contas dos Municípios multou em R$ 10 mil o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins.
O Tribunal de Contas dos Municípios multou em R$ 10 mil o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins.

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (14/05/2014), multou em R$ 10 mil o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins, e determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor, em razão da comprovação de diversas irregularidades na área da Educação, praticadas nos exercícios de 2008 a 2010. A denúncia foi feita pelo coordenador geral do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, Vander Oliveira Borges, após ouvir profissionais da Educação e servidores do município.

Entre as irregularidades apontadas no voto do relator, conselheiro Fernando Vita, estão os atrasos nos pagamentos dos salários dos servidores e profissionais do Educação no período de 2009/2010, retirada do quinquênio dos servidores efetivos mais antigos sem observar o direito adquirido, ausência de pagamento do 13º salário dos servidores de apoio da Educação (Fundeb – 40%), instalações e mobiliários precários das escolas municipais, insuficiência de material didático e de limpeza nas unidades escolares, redução de salários e ausência de pagamentos dos acordos firmados com os professores e servidores.

O gestor em nenhum momento contestou os fatos nem, sequer, juntou documentos que descaracterizassem as irregularidades a ele imputadas, tendo apresentado, inclusive, fotografias das escolas da rede municipal, em estado de abandono pelo Poder Público.

Vale destacar que as contas dos exercícios de 2011 e 2012 foram rejeitadas, entre outras coisas, pelo não investimento mínimo de 60% dos recursos do Fundeb na remuneração de profissionais em efetivo exercício do magistério. Ainda cabe recurso da decisão.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108614 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]