Senado aprova a PEC do Trabalho Escravo

Plenário do Senado da República.
Plenário do Senado da República.
Plenário do Senado da República.
Plenário do Senado da República.

O Plenário do Senado aprovou na noite de ontem (27/05/2014), por unanimidade,  a  Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê a expropriação de terras em que se verifique a prática de trabalho escravo (PEC 57A/1999).

Com voto favorável do senador Walter Pinheiro (PT/BA), a PEC do Trabalho Escravo, já aprovada pela Câmara,  foi aprovada em dois turnos e já será  promulgada na próxima quinta-feira (5), em sessão solene do Congresso Nacional.

“A emenda constitucional consagra essa fundamental conquista  de banir o trabalho escravo, lembrando que diversos baianos, que iam para São Paulo fazer o corte da cana,  ficavam por lá 10, 15, 20 anos, numa verdadeira escravidão sem poder retornar ao seu estado de origem e ao seio de sua família”, lembrou Pinheiro, ao fazer o encaminhamento favorável à PEC.

Representantes do Movimento Humanos Direitos (MHUD), entre eles as atrizes Camila Pitanga e Maria Zilda, estiveram no Senado, manifestando apoio à emenda constitucional, ao lado da ministra chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, Ideli Salvatti.

A PEC mantém a expropriação de terras nas quais são localizadas culturas ilegais de plantas psicotrópicas, como maconha e coca, o que já é previsto pela legislação atual. O texto determina o confisco dos bens apreendidos em decorrência do tráfico drogas e da exploração do trabalho escravo e destinados a um fundo especial.

O acordo para votação da PEC só foi possível depois que os senadores alteraram o texto para condicionar a aplicação da lei a um projeto de regulamentação, conforme trabalho da Comissão Mista, que tem Pinheiro como membro. Hoje, em Plenário, ele lembrou  que  o acréscimo da emenda que prevê a regulamentação dá “segurança jurídica” aos proprietários porque condiciona a expropriação à uma lei específica que esclarece o que é trabalho escravo. A comissão  tem reunião marcada para a próxima terça (3), às 14h.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108905 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]