Salvador: intervenção ligará Memorial Irmã Dulce ao Largo de Roma

Vista aérea da cidade baixa em Salvador. Governo do Estado investe na região. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da cidade baixa em Salvador. Governo do Estado investe na região. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da cidade baixa em Salvador. Governo do Estado investe na região. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da cidade baixa em Salvador. Governo do Estado investe na região. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

O Largo de Roma está prestes a passar pela terceira etapa da requalificação. Depois da entrega da nova praça, agora conhecida também como Praça Irmã Dulce, o largo será integrado ao Memorial, que tem como ícone a religiosa baiana, cuja vida foi dedicada a pobres e doentes. A proposta é da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Urbano do Estado da Bahia (Conder), a Prefeitura Municipal de Salvador, as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e a Polícia Militar. As obras serão executadas pela Conder.

A rotatória entre o Largo de Roma e o Memorial Irmã Dulce deixará de existir, e haverá uma ligação entre os dois atrativos da Cidade Baixa. Os motoristas que forem trafegar pela região terão acesso por uma nova rua, que será construída entre o Colégio da Polícia Militar e a sede da Osid. Para tanto, as duas instituições cederão áreas para a criação da nova rua. O acordo foi conduzido pelo subsecretário da Setur, Benedito Braga, na manhã desta terça-feira (13/05/2014), na sede da secretaria. Desde a beatificação da freira, em 2011, o fluxo de visitantes ao memorial mais que dobrou: de 35 mil visitas anuais passou para 86 mil.

Para Benedito Braga, o projeto vai reforçar o turismo religioso na capital baiana. “A ligação da praça com o Memorial Irmã Dulce vai beneficiar o público que se interessa pelo segmento, e servirá de via sequencial para a igreja do Bonfim, grande ponto turístico. A praça, inaugurada em janeiro, também tornou-se um grande atrativo, e está belíssima com a escultura que Bel Borba criou com a imagem da religiosa, responsável pelas obras sociais que resistem até hoje”, comentou.

Outra novidade é a construção de um estacionamento para ônibus de turismo, nos arredores do Largo de Roma, que ficará sob responsabilidade da Prefeitura de Salvador. O local escolhido é a área da antiga sede da Fundação Cidade Mãe.

O gestor de Infraestrutura da Osid, Eduardo Senna, ressaltou que a proposta ‘casa’ com o centenário de Irmã Dulce, a ser comemorado no próximo dia 26. Já Arturo Braga, arquiteto da instituição, responsável pelo projeto de requalificação, destaca o crescimento do fluxo de visitantes ao Memorial, após o processo de canonização de Irmã Dulce e os benefícios do projeto arquitetônico e urbanístico. “O impacto será percebido por quem está envolvido com o memorial, Igreja do Bonfim e pelos fiéis da Irmã Lindalva, que tem parte de sua história vivida no abrigo Dom Pedro II, além da cidade como um todo”, explicou Arturo.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108858 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]