Região Oeste é importante para a sustentabilidade do Estado da Bahia, diz Jairo Carneiro secretário estadual da Agricultura

Jairo Carneiro: o oeste baiano firma-se como uma região de grande importância no cenário agropecuário nacional, com produção diversificada e alta produtividade.
Jairo Carneiro: o oeste baiano firma-se como uma região de grande importância no cenário agropecuário nacional, com produção diversificada e alta produtividade.

“O Oeste baiano firma-se como uma região de grande importância no cenário agropecuário nacional, com produção diversificada e alta produtividade. Trata-se de uma grande geradora de empregos e renda, responsável por boa parte da economia do Estado”, considera o secretário estadual da Agricultura, Jairo Carneiro (PP). Ele destaca que a região tem hoje 2,2 milhões de área plantada, com previsão de colher 7,050 milhões de toneladas de grãos na safra 2013/2014, com destaque para a soja (3,3 milhões de toneladas); milho (2,3 milhões) e algodão (1,2).

No ano passado, a lavoura, principalmente o algodão, sofreu muito com a estiagem e com a Helicoverpa Armigera, praga que provocou mais de R$ 2 bilhões de prejuízos em nove municípios da região, lembra o secretário, afirmando que agora o cenário é propício para a recuperação da produtividade. Esse otimismo, explica Carneiro, decorre por conta dos acréscimos dos números da safra atual, em relação à safra 2012/2013. A área total plantada passou de 2.246.415 para 2.276,403 hectares. A área plantada de soja cresceu 4,35%, a de algodão 20,03%, a de milho 6,85, de feijão pérola 22,46%, e de café 11,85%. A área plantada com outras culturas cresceu 20,28%. A expectativa de produção é de 7.052,957,5 toneladas, contra 5.845.208,8 toneladas colhidas na safra passada. A produção de grãos no Oeste representa 90% do total do Estado.

Maior celeiro de grãos do Estado e um dos mais importantes do País, o Oeste avança também na produção de frutas e café, além de desenvolver a pecuária, com importante impacto na economia baiana. O secretário lembra que ações do governo do Estado atraíram para a região importantes empreendimentos como o implantado no município de Jaborandi, onde empresários neozelandeses instalaram o Laticínio Leitíssimo. O município de Luís Eduardo Magalhães foi escolhido pelo Grupo Coringa para implantação de um Complexo Industrial, com capacidade para processar 300 mil toneladas de milho/ano, além da Avícola Mauricéa, que também instalou-se no município, gerando centenas de empregos diretos e indiretos.

“Nosso esforço tem sido no sentido de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo ex-secretário Eduardo Salles, seguindo as diretrizes do governo Wagner para agroindustrializar a produção, gerando emprego e renda e melhores condições de vida para o homem do campo”, afirma Carneiro.

A região vem crescendo em média 10% ao ano e é exemplo de sustentabilidade tanto para a produção de consumo interno como para exportação de produtos de suma importância para a balança comercial da Bahia. “O Oeste tem avançado significativamente o nível tecnológico da lavoura, o que se reflete nos recordes de produção e de produtividade do algodão”.

O secretário destaca ainda que o governo do Estado estimula e apóia o desenvolvimento da região, que será beneficiada pela maior obra estruturante da história do Oeste baiano, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). “A logística que está sendo implantada vai permitir a geração de novos empregos, tornará a região mais competitiva, e a fará crescer ainda mais rápido”, assegura.

A malha viária da região também está sendo ampliada, através de ações que se iniciam a partir de convênio entre a Secretaria de Infraestrutura e a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com participação da Secretaria da Agricultura, viabilizando a construção de estradas por meio de Parceria Público Privada (PPP).

Farm Show

O secretário Jairo Carneiro destaca ainda a importância da Feira de Tecnologia Agrícola e Negócios (Bahia Farm Show) realizada pela Aiba. A 10ª edição do evento está acontecendo desde o dia 27 e vai até o dia 31 deste mês, no município de Luis Eduardo Magalhães, com o status de maior feira tecnológica do Nordeste e uma das cinco melhores do País. “Além de ser uma vitrine de tecnologia para o pequeno, médio ou grande produtores, a Bahia Farm Show cria oportunidades de negócios e a difusão de tecnologia”.

A Secretaria da Agricultura participa do evento como parceira, com uma proposta inovadora. Num estande institucional, reúne as secretarias do Meio Ambiente, da Indústria e Comércio, do Turismo, de Ciência e Tecnologia, e a da Infraestrutura, além da Polícia Militar, Desenbahia, Sebrae e Incra, para realizar o Serviço de Atendimento ao Produtor (SAP). O objetivo é proporcionar aceso às informações inerentes a cada instituição, esclarecer dúvidas e divulgar as novidades de cada secretaria em relação ao Oeste, além de ouvir as demandas dos produtores.

Jairo Carneiro (PP), secretário da Agricultura da Bahia.
Jairo Carneiro (PP), secretário da Agricultura da Bahia.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114858 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.