Mobilização pacífica marca aniversário do vereador soteropolitano Marco Prisco

Marco Prisco Caldas Machado é vereador pelo PSDB e se encontra preso em unidade prisional federal. Família protesta em defesa do vereador.
Marco Prisco Caldas Machado é vereador pelo PSDB e se encontra preso em unidade prisional federal. Família protesta em defesa do vereador.
Marco Prisco Caldas Machado é vereador pelo PSDB e se encontra preso em unidade prisional federal. Família protesta em defesa do vereador.
Marco Prisco Caldas Machado é vereador pelo PSDB e se encontra preso em unidade prisional federal. Família protesta em defesa do vereador.

O aniversário do vereador Marco Prisco Caldas Machado, nesta segunda-feira (26/05/2014), oportunidade em que completa 45 anos, é comemorado por amigos, familiares e entidades que prestam solidariedade ao edil em MOBILIZAÇÃO PACÍFICA a ser realizada, na Câmara Municipal de Salvador, as 15 horas.

O objetivo do encontro, durante sessão plenária, é prestar homenagem simbólica ao soldado Prisco e pedir que vereadores de Salvador se manifestem, nesta segunda-feira, quanto à prisão do edil, detido há mais de 40 dias sob custódia de unidade prisional federal.

Após quase um mês e meio de prisão de Prisco, pelo menos nove Câmaras Municipais da Bahia já aprovaram e realizaram monções de apoio ou aplausos ao vereador. A exemplo dos municípios de Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Serrinha, Conceição do Coité, Itabuna, Pau Basil, Camacã, Canavieiras e Juazeiro.

Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa da Bahia e da Câmara Federal, além da Câmara Distrital, também já realizaram outras mobilizações na tentativa de demonstrarem insatisfação quanto à prisão do vereador.

Horas após, por volta das 18h30, amigos, filhos e familiares do soldado Prisco se reúnem em uma segunda homenagem e culto, a serem realizados na Câmara de Vereadores do município de Santo Antônio de Jesus. “Prisco é um trabalhador como qualquer outro. Pai dedicado, estamos sofrendo com tudo isso”, afirmou a esposa do edil, Patrícia Pereira.

Vereadores do Brasil estarão presentes em decisão de habeas corpus

A União dos Vereadores do Brasil, secção Bahia (UVB- BA), em apoio ao vereador, oficiou as Câmaras para que se façam presentes através dos seus vereadores, no Supremo Tribunal Federal (STF), para acompanhar o julgamento do segundo pedido de habeas corpus do vereador soldado Prisco. O objetivo é sensibilizar o ministro Ricardo Lewandowski para a situação do edil.

No documento encaminhado ao ministro Lewandowski, a UVB manifestou apoio ao vereador de Salvador, Marco Prisco e a sua família. Ainda conforme ofício, o documento assinado pelo presidente em exercício, Caio Pereira da Silva, depois do edil sentir fortes dores no peito, na noite de sábado (03/04), após ser acusado de informante, agentes da polícia levaram o vereador algemado em uma maca da Upa para o HRAN (Hospital Regional Asa Norte), “atitude que foi desnecessária por se tratar de um acusado que não oferece risco e comprovadamente debilitado”, diz o documento.

“Todo apoio é importante neste momento. Muitos confirmaram presença, como o caso da vereadora Valeria Moraes (PSC/Itabuna). Se já não tinha motivo antes, agora que a ordem já foi restabelecida tem menos sentido ainda a prisão de Prisco. Lembramos que as ações são homenagens que não atrapalharão os trabalhos das Casas”, informou o coordenador-geral da Aspra/Ilhéus, Augusto Júnior.

Entenda o caso

18/04 – O vereador soldado Prisco é preso, 24 horas após acordo feito com o Governo do Estado ser aprovado em assembleia-geral, a caminho de passeio com dois filhos menores e esposa. A prisão contou com a participação de homens fortemente armados.

18/04 – O vereador é encaminhado ao presídio federal de Papuda, onde fica na mesma ala com presos da unidade prisional.

23/04 – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, nega o pedido de habeas-corpus da defesa do vereador. O ministro argumenta que permanência das tropas da Força Nacional indicavam que, apesar do fim das mobilizações, a ordem ainda não havia sido estabelecida.

26/04 – As tropas da Força Nacional deixam a Bahia, indicando não haver mais motivos para a manutenção da prisão por restabelecimento da ordem pública.

27/04 – Pedido de reconsideração da prisão impetrado pela defesa de Prisco é negado pelo juiz da 17ª Vara Federal.

02/05 – Vereadores de Salvador visitam Prisco e divulgam preocupação quanto estado psicológico e ameaças de morte na qual ele reclamou ter sofrido.

03/05 – O vereador Prisco é ameaçado por internos do presídio de Papuda e passa mal. A suspeita é de infarto.

05/05 –  Apesar do infarto ter sido descartado pela Secretaria de Saúde de Brasília, exames demonstraram problemas cardíacos que resultaram na decisão do corpo médico em submete-lo ao procedimento cirúrgico.

07/05 – Prisco é levado à UTI do hospital Base, em Brasília. Nota do Hospital, veiculada pela mídia, indica que o estado de saúde do vereador era grave mais estável.

13/05 – O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que médicos do Tribunal avaliassem o estado de saúde de Marco Prisco.

15/5 – Junta médica do STF divulga laudo informando que, naquele momento, o vereador não necessitaria de tratamento domiciliar.

20/05 – O vereador soldado Prisco recebe alta médica do Hospital Regional Asa Norte (HRAN) e retorna ao presídio federal de Papuda.

22/05 – Coordenador interino da Aspra, Fábio Brito, divulga nota informando que a entidade não participará de qualquer mobilização nacional, estadual e municipal.

* Com informações da assessoria de comunicação do vereador soldado Prisco.

Leia +

Mobilização pacífica marca aniversário do vereador soteropolitano Marco Prisco

Ministro Ricardo Lewandowski determina que junta médica do STF avalie saúde de Marco Prisco

Vereador pelo PSDB soteropolitano, Marco Prisco pede prisão domiciliar ao Supremo

Vereador soteropolitano Hilton Coelho visita preso provisório Marco Prisco, e fala em condições insalubres

Crise na PM/BA | Ministro Ricardo Lewandoski argúi violação da Constituição Federal e instalação de terror como argumentos para manter prisão de Marco Prisco

STF nega habeas corpus a Marco Prisco. MPF acusa vereador do PSDB de formar quadrilha armada e violar Estado Democrático de Direito

Crise na PM/BA | Supremo decide sobre habeas corpus de Marco Prisco. Líder da greve continua preso no Complexo da Papuda

Crise na PM/BA | PGR envia ofício a desembargador do TRF1 sore prisão de Marco Prisco. Decisão sobre liberdade cabe ao STF

Crise na PM/BA | MPF diz que vereador do PSDB Marco Prisco violou a Constituição e utilizou métodos terroristas resultando na morte de centenas de baianos

Crise na PM/BA | Preso líder do movimento grevista da PM baiana, o vereador pelo PSDB Marco Prisco

Crise na PM/BA | SSP esclarece que não participou da operação de prisão de Prisco e assegura cumprimento de acordo com associações

Crise na PM/BA | Marco Prisco, líder do movimento, é preso nesta tarde a pedido do MPF/BA

Motim da PM/BA: MPF processa Aspra, Marcos Prisco e mais dois por ressarcimento de R$15 milhões à União

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112664 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]