Em homenagem a Irmã Dulce, vice-governador da Bahia Otto Alencar ressalta legado deixado pela beata

Durante evento na ALBA, Otto Alencar destaca legado de Irmã Dulce.
Durante evento na ALBA, Otto Alencar destaca legado de Irmã Dulce.
Durante evento na ALBA, Otto Alencar destaca legado de Irmã Dulce.
Durante evento na ALBA, Otto Alencar destaca legado de Irmã Dulce.

O vice-governador da Bahia e presidente do PSD, Otto Alencar, participou, na manhã desta segunda-feira (19/05/2014), na Assembleia Legislativa da Bahia, da sessão especial marcada pela “fé e devoção” em homenagem ao centenário de Irmã Dulce. O “Anjo Bom da Bahia”, como ficou conhecida Irmã Dulce, completaria 100 anos no próximo dia 26 de maio. O governador do estado, Jaques Wagner, também esteve presente à sessão que teve como proponente o deputado Yulo Oticica (PT).

Na oportunidade, Otto Alencar afirmou que pôde conviver na década de 70 e 80 com a beata quando trabalhava voluntariamente como ortopedista no Hospital Santo Antônio. “Eu operava lá as quintas-feiras pela manhã. E eu fazia isso de uma forma espontânea e voluntaria, sem nenhuma ideia de contrapartida em receber absolutamente nada”, comentou Otto.

Na época o Hospital Santo Antônio se encontrava numa fase financeira difícil, mas mesmo assim “as coisas ocorriam bem”, segundo Alencar, “primeiro porque Irmã Dulce se dedicava as causas das pessoas mais carentes, mais pobres e nós entravamos para ajudar com a força que todo médico deve carregar com si que é a força da fé. E acreditar que estando ajudando as pessoas, sobretudo aqueles que não podem ter um atendimento à saúde as custas de um seguro saúde ou pagamento particular”.

O deputado Yulo Oiticica, líder da bancada católica e vice-presidente da Assembleia Legislativa, logo ao saudar os integrantes da mesa, falou sobre a contribuição extraordinária do vice governador Otto Alencar a essa que se tornou as grandes obras sociais de Irmã Dulce. “Você é alguém importante nesse dia Otto, que deu tanta contribuição ao hospital que Irmã Dulce fundou para nós”, afirmou.

O parlamentar lembrou que o médico Otto Alencar sempre ressaltava a importância do olhar e do respeito no processo da cura, que são, sem sombra de dúvidas, mais importantes que os métodos tradicionais baseados nas drogas e medicamentos. Para Yulo esses são os motivos pelos quais Irmã Dulce teve tanta força e apoio na missão de ajudar os mais necessitados. Oiticica também é responsável pela elaboração do projeto de lei, que institui o 13 de agosto como Dia Estadual da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.

A sobrinha de Irmã Dulce e superintendente das obras sociais da beata, Maria Rita Pontes, enfatizou a importância do apoio do governo do estado para o desenvolvimento das obras. “O governo do estado tem sido um grande parceiro. Como nós temos mais de mil leitos e somos 100% SUS, o apoio do governo é essencial. Recebemos doações, mas o apoio do governo é fundamental”, disse.

O governador Jaques Wagner, o vice Otto Alencar e o deputado Yulo Oticica, foram homenageados com uma obra artística, contendo a imagem de Irmã Dulce.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]