Eleições 2014 – Bahia: “Dilma vai aumentar a diferença de votos que teve na Bahia”, garante Rui Costa

Rui Costa: “Queremos chegar a 4 milhões de votos para Dilma. Nosso projeto é vitorioso e temos que ir para as ruas, onde os protestos são por mais conquistas e ampliação do que conseguimos”.
Rui Costa: “Queremos chegar a 4 milhões de votos para Dilma. Nosso projeto é vitorioso e temos que ir para as ruas, onde os protestos são por mais conquistas e ampliação do que conseguimos”.
Rui Costa: “Queremos chegar a 4 milhões de votos para Dilma. Nosso projeto é vitorioso e temos que ir para as ruas, onde os protestos são por mais conquistas e ampliação do que conseguimos”.
Rui Costa: “Queremos chegar a 4 milhões de votos para Dilma. Nosso projeto é vitorioso e temos que ir para as ruas, onde os protestos são por mais conquistas e ampliação do que conseguimos”.

O pré-candidato ao Palácio de Ondina, Rui Costa (PT), afirmou que a Bahia quer continuar a ser o estado do Nordeste onde Dilma venceu com a maior frente de votos. Ao participar do debate Novas ideias para a Bahia e para o Brasil, na noite de ontem (28/05/2014), em Brasília, Rui destacou que a presidenta teve 2,8 milhões de votos de diferença nas eleições de 2010 e acredita que, em outubro, ela poderá chegar a vencer com uma diferença de 3,5 milhões a 4 milhões de votos. “Queremos chegar a 4 milhões de votos para Dilma. Nosso projeto é vitorioso e temos que ir para as ruas, onde os protestos são por mais conquistas e ampliação do que conseguimos”, afirmou sob aplausos e muita emoção.

Durante o debate realizado com ministros de estado, parlamentares e dirigentes do PT, Rui chamou a atenção do partido para a necessidade da continuidade do projeto político do PT na Bahia. E da importância do estado para o Nordeste e o Brasil. Ele também aproveitou para destacar os avanços do governo Jaques Wagner, de 2007 até hoje. Entre os exemplos, enfatizou que o estado tinha apenas uma escola técnica, quando Wagner chegou ao governo e que hoje tem 30 instituições, tinha apenas uma Universidade Federal e hoje tem cinco,  chegando a 6, se for computada a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira(Unilab), com campus em São Francisco do Conde. Outro avanço na educação foi o aumento no número de matrículas nos cursos profissionalizantes. Em 2006, eram matrículas. Já em 2013, foram matriculados mais de 69 mil  estudantes. O pré-candidato do PT citou, ainda, avanços no saneamento básico. “Cinco milhões de baianos deixaram de beber água barrenta, beneficiados pelo programa Água para Todos”.

O evento contou com as presenças do governador Jaques Wagner,  cinco ministros de estado: Transportes ( César Borges), Portos ( Antonio Henrique), Igualdade Racial (Luiza Bairros), Planejamento ( Miriam Belchior), e  Direitos Humanos ( Ideli Salvatti), além dos secretários executivos dos ministérios da Previdência Social, Carlos Gabas, e do Planejamento, Eva Chiavon,  deputados federais e do senador Walter Pinheiro. Também compareceram os presidentes da Valec, José Lucio, e da Codevasf, Elmo Vaz. O encontro foi presidido pelo secretário executivo do PT nacional, deputado federal Geraldo Magela (DF), representando o presidente nacional do PT, Rui Falcão.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108892 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]