No semiárido baiano, ‘Baixio de Irecê’ é tema da EXPOAGRI 2014

Vista aérea do Baixio de Irecê.
Vista aérea do Baixio de Irecê.
Vista aérea do Baixio de Irecê.
Vista aérea do Baixio de Irecê.
Baixio de Irecê é tema da Expoagri de 2014.
Baixio de Irecê é tema da Expoagri de 2014.

O perímetro de irrigação Baixio de Irecê, localizado nos municípios de Itaguaçu da Bahia e Xique-Xique – um sonho antigo da população da região –, segue recebendo investimentos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e será o tema da 16ª Expoagri, tradicional exposição agropecuária local que vai acontecer de 1º a 4 de maio de 2014 no Parque de Exposições de Irecê.

A escolha do tema se deu em razão da grande expectativa relacionada ao projeto, que contribuirá para o desenvolvimento da região por meio da agricultura irrigada. Durante o evento, será inaugurado o Centro de Eventos que está sendo construído pela Codevasf dentro do Parque de Exposições.

“Escolhemos o tema do Baixio de Irecê para a Expoagri deste ano porque é o nosso sonho aqui na região ter uma área irrigada significativa. E esse sonho está se concretizando, vai gerar muito emprego, movimentar o agronegócio, gerar muitos produtos agrícolas. A Codevasf está fazendo esse projeto deslanchar na região, e vamos debater o tema nesta edição do evento”, diz José Renato Santos, presidente da Aprir (Associação dos Pecuaristas da Região de Irecê).

Incluído no programa Mais Irrigação, que é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e executado pela Codevasf em sua área de atuação, o Baixio de Irecê está localizado em uma região com vocação para a fruticultura e tem potencial para ser um dos maiores perímetros de irrigação da América Latina.

Quando todas as nove etapas previstas estiverem em funcionamento, a área irrigável total chegará a 47,9 mil hectares, enquanto a área de sequeiro contará com cerca de 20 mil hectares e a reserva ambiental totalizará 23 mil hectares.

A primeira etapa está perto de entrar em operação. Em 2013, foram selecionados os primeiros agricultores irrigantes e uma cooperativa para ocupação – por meio da Concessão de Direito Real de Uso (CDRU). A primeira etapa conta com área de 5.308 hectares, com 4.207 hectares irrigáveis.

“O Projeto Baixio de Irecê fomenta o desenvolvimento de Irecê, Xique-Xique e municípios circunvizinhos, na região do Médio São Francisco baiano. A perspectiva é que, com o desenvolvimento da irrigação, sejam também gerados muitos empregos, diretos e indiretos, além do desenvolvimento das comunidades ribeirinhas, que ficam próximas do local onde está construído o canal”, afirma o técnico da Codevasf e fiscal das obras do Baixio, Marcus Souza.

Centro de Eventos

Uma rodada de debates sobre as potencialidades do Baixio de Irecê está prevista para acontecer durante a 16ª Expoagri no novo Centro de Eventos, que será inaugurado durante a feira e que teve investimento de aproximadamente R$ 300 mil da Codevasf.

O espaço, de acordo com o chefe do escritório da Codevasf em Irecê, Luiz Alberto Barbosa, deverá ser usado especialmente pelos agricultores e pecuaristas do Território de Irecê – que abrange 21 municípios e uma população de cerca de 500 mil habitantes – para realização de eventos, oficinas, seminários, cursos, palestras e simpósios.

A 16ª Expoagri tem o tema “Baixio de Irecê: levando esperança para a economia da região”. Na última edição, o evento gerou mais de R$ 2 milhões em negócios e a comercialização de cerca de 1 mil animais. Neste ano, a exposição vai contar com leilões, ranqueamento de animais, palestras e cursos voltados para agricultura, comércio e serviço, show com artistas locais, além de apresentação de mais de 2 mil animais entre equinos, bovinos, caprinos, ovinos e bubalinos.

Investimentos no Baixio

Neste ano, mais de R$ 13,8 milhões já estão assegurados para dar prosseguimento à implantação da segunda etapa do Baixio de Irecê. Entre os investimentos previstos, R$ 12 milhões estão sendo destinados para obras civis complementares na rede de drenagem e na rede viária da etapa 2.

A Codevasf também contratou o fornecimento, carga, transporte e descarga de tubos e peças especiais em ferro fundido e aço que comporão as adutoras, as tomadas d’água dos lotes irrigados e os tanques de amortecimento unidirecional – um investimento de aproximadamente R$ 1,8 milhão. Ainda neste ano, está prevista a contratação da empresa que vai executar a montagem eletromecânica das elevatórias de recalque e suas adutoras.

Também neste ano deverá estar concluído o projeto executivo da estação de bombeamento principal, um investimento de R$ 2,3 milhões, e o completo georreferenciamento da primeira etapa do projeto, um investimento de R$ 144,5 mil – ambos serviços já contratados no início de 2014.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115120 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.