Paixão de Cristo encenada em Feira de Santana com mais de 150 atores

Cenas da peça teatral da Paixão de Cristo, realizadas pelo Grupo Renascer.
Cenas da peça teatral da Paixão de Cristo, realizadas pelo Grupo Renascer.
Cenas da peça teatral da Paixão de Cristo, realizadas pelo Grupo Renascer.
Cenas da peça teatral da Paixão de Cristo, realizadas pelo Grupo Renascer.

Mais uma vez, o público baiano poderá apreciar uma das maiores apresentações teatrais ao ar livre do Estado, teve início na sexta-feira e encerra hoje, domingo, (13 de abril de 2014), no Parque de Exposição João Martins da Silva, em Feira de Santana, sempre a partir das 19h. Trata-se da “Paixão e Morte de Cristo”, encenada pelo Grupo Teatral Renascer, com mais de 150 personagens, dentre atores principais, coadjuvantes e figurantes.

Para assistir o espetáculo o acesso é gratuito. Mas, quem desejar, poderá contribuir com um quilo de alimento não perecível que será doado a entidades que prestam assistência social.

Conforme Betânia Knoedt, membro do Grupo Renascer, a iniciativa cresce a cada ano, tanto no número de figurantes, como no de público e equipamentos utilizados nas cenas. “Até 2012, por exemplo, Pôncio Pilatos se apresentava sempre à pé, mas agora chegará de carruagem, retratando ainda mais o personagem que representava, à época, o poderio do Império Romano”.

O Grupo Teatral Renascer encena a Paixão de Cristo há 27 anos, buscando evangelizar através da arte. Durante o ano, o espetáculo é certo em pelo menos dois períodos: na Semana Santa e nos festejos natalinos, em dezembro.

Fundado por Isa Miranda Cruz, que além de coordenadora é diretora de Cenário e Figurino, o Grupo Teatral Renascer tem também à frente Fábio Bittencourt Figueiredo, que além de diretor geral ainda cumpre a interpretação do personagem mais importante de toda a história da humanidade, Jesus Cristo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111199 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]