Obra da CODEVASF vai facilitar comércio de produção familiar no Território de Irecê

Codevasf investe naregião de Irecê. Na imagem, vista aérea do projeto Baixio de Irecê.
Codevasf investe naregião de Irecê. Na imagem, vista aérea do projeto Baixio de Irecê.
Codevasf investe naregião de Irecê. Na imagem, vista aérea do projeto Baixio de Irecê.
Codevasf investe naregião de Irecê. Na imagem, vista aérea do projeto Baixio de Irecê.

Uma obra em fase de execução pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai fortalecer a agricultura familiar em Irecê, na Bahia: a pavimentação do acesso ao Centro de Comercialização de Produtos Agrícolas de Irecê, o Mercado do Produtor, totalizando um investimento de cerca de R$ 2,2 milhões.

A pavimentação em asfalto alcança uma área de mais de 11 mil metros quadrados; mais 25,6 mil metros quadrados de pavimentação em paralelepípedo e ainda outros 3,7 mil metros quadrados em lastro de brita (gravilhão). O Centro de Comercialização de Produtos Agrícolas de Irecê está em fase de construção, pelo governo estadual, na sede do município.

“Essa é uma demanda antiga do Território de Irecê, região que se tornou importante polo de hortaliças. Temos muitos poços artesianos e muitos agricultores familiares. Por isso, a quantidade de produtores é enorme. Quando concluído, este será um importante ponto para armazenamento e comercialização”, afirma Walter Ney Rodrigues, presidente da Cooperativa Agropecuária Mista Regional de Irecê (Coopirecê).

“Hoje, com o controle de temperatura, a cenoura, por exemplo, pode durar cerca de 150 dias. Contando com capacidade de armazenamento adequado, poderemos acabar com os períodos sem produção e controlar os preços durante o ano”, acrescenta.

A ação tem o objetivo de melhorar o acesso ao redor do complexo para possibilitar uma adequada comercialização dos produtos dentro das exigências sanitárias. A pavimentação das vias possibilitará o pleno funcionamento do mercado e promoverá o desenvolvimento da atividade agropecuária, o que aumentará o poder aquisitivo de produtores e suas famílias e do número de empregos, além de possibilitar a oferta de produtos de elevado padrão de qualidade, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia da região.

“Em nossa região, o município de João Dourado é um grande produtor de tomate; Lapão, de cenoura; Irecê, de cebola e beterraba; e ainda tem a banana do projeto Mirorós e a pinha de Presidente Dutra”, diz Luiz Alberto Barbosa, chefe do escritório da Codevasf em Irecê, que é ligado à 2ª Superintendência Regional, baseada em Bom Jesus da Lapa.

De acordo com Barbosa, a região transportava todos esses produtos para o mercado do produtor de Juazeiro. “O Mercado do Produtor de Irecê terá a importância de fazer com que esses produtos sejam armazenados e comercializados no próprio município e não mais transportados para a região de Juazeiro, porque nessa distância, 500 quilômetros, você perde preço e qualidade. É muito importante ter esse mercado aqui para que se possa ter qualidade, preço, possa armazenar e ter a garantia de conservação desses produtos”, aponta.

“A Codevasf é uma das coordenadoras do Comitê Gestor do Território de Irecê, e beneficiará 21 municípios com esta obra, uma população de mais de meio milhão de pessoas. Os produtores rurais ganharão melhores condições de transportar, armazenar e comercializar os seus produtos”, destaca Luiz Alberto Barbosa, acrescentando que a obra, em estágio avançado, deverá estar concluída num prazo de três meses.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110000 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]